11 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
24 Comentários

Presidente da Câmara diz que não irá “se curvar” ao STF

da Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), afirmou hoje (11) que a Casa não irá se curvar! ao Supremo Tribunal Federal (STF), caso a Corte decida pela cassação imediata dos três deputados condenados no julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão. São eles: João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT)

Para Marco Maia, se os ministros do Supremo decidirem cassar o mandato dos três parlamentares, será criado um conflito entre o Legislativo e o Judiciário. Não estamos entrando no mérito do julgamento, mas [questionando] a forma como deve ser tratada uma questão tão complexa como as prerrogativas dos Poderes.!

Segundo Maia, não há como um tribunal cassar o mandato de alguém que foi legitimamente eleito pelo povo. “Todos os recados já foram mandados [ao STF]. A opinião e a forma com está sendo desenhado o resultado vai colocar em conflito o Parlamente e o Judiciário, e ninguém quer isso!, disse Marco, defensor da tese de que cabe ao Congresso a responsabilidade pela cassação de mandatos.

Não vamos admitir, e acredito que o Parlamento não irá se curvar a uma decisão como essa do STF. Nenhum parlamentar pode prescindir de defender a instituição. O que estamos vendo é uma afronta a uma prerrogativa da Constituição. à‰ isso que sustenta a democracia e a estabilidade democrática brasileira!, acrescentou o presidente da Câmara. Maia reafirmou que a Constituição é muito clara! quanto á prerrogativa do Legislativo de cassar mandatos de parlamentares.

Sobre a possibilidade de ser criticado pela opinião pública por sua postura ante a questão, o deputado lembrou que, ao longo da história, regimes autoritários sempre contaram com grande apoio popular. Temos que separar a opinião pública da opinião falada e escrita. Regimes autoritári Leia mais

11 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
14 Comentários

PT nega envolvimento de Lula com Marcos Valério

via portal Vermelho

O jornal O Estado de S. Paulo publicou nesta terça-feira (11) com destaque notícia de que o empresário Marcos Valério disse em depoimento em setembro à  Procuradoria Geral da República que o esquema do mensalão! bancou “despesas pessoais” de Lula. O jornal menciona ainda a acusação de que o ex-presidente deu “ok”, em reunião no Palácio do Planalto, aos empréstimos bancários feitos pelo PT. O partido reagiu com nota à  imprensa assinada pelo seu presidente nacional, Rui Falcão. Leia a íntegra: Leia mais

11 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
8 Comentários

Hoje tem lançamento do livro sobre os rebeldes do Paraná

Daqui a pouco, a partir das 19 horas, no Bar Brahma, em Curitiba, acontecerá o lançado do livro Rebeldes do Paraná !“ o impeachment do presidente Fernando Collor e a ocupação da PUCPR!.

A obra assinada pelo jornalista Mário Hélio Gomes volta ao início dos anos 90 e conta como estudantes entraram para a história ao participarem do impeachment do presidente Collor. No mesmo momento, na capital paranaense, centenas de jovens ocupavam o campus da Universidade Católica do Paraná por mais de um mês para lutar por seus direitos e continuar seus estudos.

Entre os protagonistas do relato estão o ex-presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Francisco Zanicoti, e dos diretores da entidade em 1992, Guilherme Gonçalves, Ricardo Gomyde e Luiz Fernando Pereira.

Em fevereiro de 2013, um novo lançamento do livro será feito na PUCPR com as presenças do ex-presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), senador Lindbergh Faria (PT-RJ), e dos atuais dirigentes da agremiação.

O Bar da Brahma fica na Avenida Presidente Getúlio Vargas, 234, no bairro Rebouças.

Leia mais

11 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
13 Comentários

Ducci vai coordenar pré-campanha de Eduardo Campos na região Sul

Luciano Ducci (PSB).

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), já sabe o que vai fazer depois que deixar o cargo em janeiro de 2013. De acordo com uma fonte na prefeitura, ele vai percorrer os estados da região Sul — Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul — em nome partido e da pré-candidatura do governador Pernambucano, Eduardo Campos, que sonha disputar a presidência da República em 2014. ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
16 Comentários

“Não largo o celular nem durante o banho”

Ilustração.

Um pré-candidato ao secretariado do prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), confidenciou ao blog que vive momentos de ansiedade. Enquanto não sai a “fumacinha branca” confirmando a sua escolha, o moço diz que não desgruda do celular nem para ganhar dinheiro. ... 

Leia mais

11 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
9 Comentários

“Professores podem não iniciar o ano letivo de 2013”, confirma presidenta da APP-Sindicato

A professora Marlei Fernandes, presidenta da APP-Sindicato, em comunicado a este blogueiro, confirmou a disposição da entidade de não iniciar o ano letivo de 2013, caso o governo Beto Richa (PSDB) não efetive a hora-atividade durante a distribuição de aulas.

A APP-Sindicato deu prazo até o próximo sábado, dia 15, para que o secretário da Educação, vice-governador Flávio Arns (PSDB), anuncie o cumprimento da Lei Nacional do Piso. Nesse dia, a categoria realizará assembleia que poderá deflagrar greve por tempo indeterminado.

Os educadores reivindicam a implantação de 1/3 de hora-atividade, encaminhamento do plano de carreira dos funcionários e discussão da matriz curricular, entre outros temas.

O blog mostrou ontem que o clima é de revolta dentro das 2,1 mil escolas paranaenses. Uma verdadeira panela de pressão que está prestes a explodir!, observou um diretor de escola.

A seguir, a íntegra do comunicado da presidenta da APP-Sindicato, Marlei Ferandes:

“Venho acompanhando algumas postagens nesse Blog, dizendo o tempo todo que a direção da APP não apoia uma proposta de greve. Talvez o que esse Blog não saiba, ou mesmo não esteja acompanhando é que essa proposta de não iniciar o período letivo de 2013 é da Direção da APP aprovada na Assembleia de maio desse ano e referendada na assembleia de 18 de setembro. Portanto, essa direção sabe dos encaminhamentos que serão Leia mais