10 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
3 Comentários

“PCdoB do Paraná: nem crise, nem correntes”, diz Manfredini

O jornalista Luiz Manfredini, dirigente do PCdoB do Paraná, em nota, nega que haja crise ou correntes se digladiando no partido.

“Somente a delirante mente da sua fonte pode supor que três correntes se digladiam em torno da linha política do Partido!, respondeu o dirigente.

Segundo Manfredini, o PCdoB disputará as eleições proporcionais de 2014 com chapa própria, selando, na majoritária, entendimentos com outros partidos, tendo sempre como critério central o fortalecimento da base de apoio da Presidenta Dilma Rousseff.

A seguir, leia a íntegra da nota:

PCdoB do Paraná: nem crise, nem correntes.

Caro amigo Esmael:

Em respeito à  sua prestigiosa (como se diria antigamente) coluna, devo fazer alguns esclarecimentos com relação à  matéria postada nesta segunda-feira, 10, sob o título Em crise, PCdoB escolhe presidente para mandato tampão!.

Não se trata, esclareço com ênfase, de comentário, m Leia mais

10 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
14 Comentários

Em crise, PCdoB escolhe presidente para mandato tampão

Nilton Bobato, de Foz do Iguaçu, assumiu a presidência do PCdoB.

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB), seção Paraná, vive sua pior crise política dos últimos 20 anos. Neste final de semana, em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais, numa reunião com 18 participantes, o vereador Nilton Bobato, de Foz do Iguaçu, foi aclamado presidente da legenda vermelha para um mandato tampão. ... 

Leia mais

10 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
17 Comentários

O jogo de cena acerca das aposentadorias na Assembleia Legislativa do Paraná

Rossoni. Charge da Gazeta do Povo.

Repousa na mesa do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Valdir Rossoni (PSDB), edital sobre a instituição do plano de aposentadorias aos nobres deputados. Se publicado, parlamentares passarão a receber um mimo de R$ 17 mil mensais !“ depois de encerrarem suas atividades no legislativo. ... 

Leia mais

10 de dezembro de 2012
por Esmael Morais
37 Comentários

Contra calote de Richa na hora-atividade, professores articulam greve por tempo indeterminado

Professores ameaçam não voltar à s aulas no início do ano letivo de 2013.

Diante do iminente calote do governo Beto Richa (PSDB) ao pagamento de 1/3 de hora-atividade, professores das 2,1 mil escolas da rede pública estadual do Paraná preparam-se para entrar em greve por tempo indeterminado no início do ano letivo de 2013. Eles ameaçam não retornar à s salas de aula depois do período de férias, que começa em 20 de dezembro próximo e se encerra 13 de fevereiro do ano que vem. ... 

Leia mais