Salário mínimo previsto para 2013 é de R$ 674,95

da Agência Brasil

O valor do salário mínimo previsto para entrar em vigor a partir de janeiro de 2013 será R$ 674,95, um ganho de R$ 4 em relação à  expectativa anunciada anteriormente de R$ 670,95. O reajuste se deve à  atualização dos parâmetros macroeconômicos enviados hoje (21) pelo Executivo para o Congresso.

Os cálculos do governo elevaram de 5% para 5,63% a previsão de inflação medida pelo àndice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para 2012, um dos índices usados para o cálculo do reajuste do valor do mínimo.

O novo índice será usado na proposta orçamentária para 2013 em análise na Comissão Mista de Orçamento do Congresso. Pelos cálculos do Ministério do Planejamento, a elevação de 0,63 ponto percentual do INPC terá impacto de R$ 1,243 bilhão nos gastos com benefícios previdenciários e assistenciais vinculados ao salário mínimo, como aposentadorias e pensões do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), seguro-desemprego e abono salarial.

A atualização manteve o crescimento real do produto interno bruto (PIB), para 2013, em 4,5%, mas rebaixou de 3% para 2% o crescimento deste ano. A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) estabelece que o Executivo envie a atualização dos parâmetros da economia. Os números são usados na avaliação da despesa e da receita para o próximo Orçamento.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ô Nogaroto: Aumento real do mínimo onde, sô? Ninguém respondeu à pergunta sobre o instituto petista, feita acima.

    E ninguém tá contra programa social algum, rapaz! Tiveram o que copiar e as condições para expandir, deixadas pelo Plano Real que você tanto combateram. Aliás, chamavam a bolsa criada por dona Ruth de assistencialista.

    Mas, melhorias onde? Na Educação você falou? Falta dizer da situação da Saúde, da Infraestrutura, da Segurança.

    39 ministérios – 20 criados nos últimos dez anos.

    Quase se triplicou o número de comissionados.

    Um ministro diz que preferiria morrer a ser presidiário, outra diz que atrasos em obras é da regra do jogo e agora o Mercadante diz que É a cara do Brasil, referindo-se à mulher que deu à luz em banheiro de colégio.

  2. Desculpe Esmael…

    Mas não tenho como deixar de responder os anti petistas…

    Brasil com emprego pleno, reajuste real ao salário mínimo, que vem recuperando seu poder de compra e está anos luz acima dos U$$ 100.00 que sonhavam no governo FHC….

    Programas Sociais e de inclusão (bolsa família, prouni, pronasci, pronaf, etc) funcionando, redistribuindo renda, gerando cidadania e melhorando os índices de educação….

    Enfim, essa turma do quanto pior melhor não se conforma…

    Mas….

    De poste em poste….

    Vamos iluminando o Brasil!!!

  3. Como era mesmo o nome daquele instituto ligado à CUT que calculava quanto deveria ser o salário mínimo, computando gastos com habitação, escola, roupa, transporte, etc?
    Segundo aqueles parâmetros, hoje, o salário deveria estar aí pela casa dos dez mil reais.
    Pararam de divulgar os índices, justamente depois que o petê começou governar.
    Estranho, né? Muito estranho, aliás…

  4. Trabalhador da COPEL ganha isso só de vale alimentação e tá entrando em greve…

  5. Sério que não vão arrendondar pra 675,00????