Presidente do PCdoB do Paraná de malas prontas para o PT

Chico Brasileiro pede licença da presidência do PCdoB para se filiar ao PT.

O atual vice-prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, pediu licença da presidência estadual do PCdoB do Paraná. Uma junta composta por quatro dirigentes está fazendo a transição, que será completada no próximo dia 8 dezembro, em Ponta Grossa, durante reunião do diretório do partido.

Brasileiro foi candidato a prefeito de Foz nas últimas eleições, quando obteve 44,75% dos votos válidos.

O blog conversou com vários dirigentes do PCdoB dos eixos Foz-Curitiba-São Paulo-Brasília. Eles confirmaram que o presidente da legenda no Paraná pediu licença para cuidar de questões profissionais!. Brasileiro é dentista e presta assessoria na área de saúde.

Embora o discurso para a licença de Chico Brasileiro tenha ênfase nas questões profissionais, fontes do blog apontam que o dirigente da sigla vermelha está de malas prontas para o PT. Ele seria pré-candidato a deputado estadual numa eventual chapa da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, ao governo do estado.

Na reunião do diretório estadual em 8 de dezembro, o PCdoB deverá escolher seu novo presidente. Entre os possíveis nomes despontam o vereador Nilton Bobato, de Foz do Iguaçu, o professor Elton Barz, de Ponta Grossa, e o sindicalista curitibano Zenir Teixeira.

A saída de Chico Brasileiro representa mais um capítulo da crise política vivida pelo PCdoB do Paraná. Em outubro de 2011, Milton Alves, ex-presidente do partido no estado, também ingressou nas fileiras petistas.

Comentários encerrados.