Diretor do Ibope será convocado para depor na CPI das Pesquisas

Reni Pereira.

A CPI criada para investigar as pesquisas eleitorais no Paraná já definiu seu plano de trabalho. Os primeiros convocados são o diretor do Ibope para região Sul, Francisco Krassuski, e a estatística do instituto, Márcia Cavallari Nunes. O presidente da CPI, Reni Pereira (PSB), espera tomar os depoimentos de Krassuski e Márcia Nunes no próximo dia 11 de dezembro. O deputado, prefeito eleito de Foz do Iguaçu, assinou as convocações no final da tarde desta terça-feira (27).

Nas eleições deste ano, os institutos de pesquisa divulgaram números de intenções de voto que não se confirmaram ao final da contagem das urnas. Em alguns casos tivemos erros grotescos!, disse Reni.

O deputado lembra que, faltando 12 horas para iniciar a votação, o Ibope divulgou pesquisa com sete pontos de vantagem para seu adversário em Foz do Iguaçu. Apuradas as urnas, a vitória Reni Pereira foi por nove pontos de diferença. O Ibope errou em 16 pontos. A pesquisa direciona voto, influência o eleitor, principalmente os indecisos!, disse Reni Pereira.

Em Curitiba, as sondagens eleitorais mostravam o prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato a reeleição, com 29% das intenções dos votos válidos e Gustavo Fruet (PDT), com 24%. Na apuração, Fruet recebeu 27,2% dos votos tirando Ducci do segundo turno.

Além do Paraná, houve erros nas pesquisas divulgadas à s vésperas da votação no primeiro turno em 20 das 26 capitais. Os erros levaram ao pedido de CPI com 225 assinaturas na Câmara dos Deputados. Outras investigações estão em cursos na Paraíba, Piauí e Belém do Pará.

Cronograma
Reni assinou ainda, nesta terça-feira, a convocação de outras pessoas para tentar esclarecer o que aconteceu com os institutos de pesquisa. Lá de Foz, por exemplo, queremos ouvir as versões de três que participaram do processo eleitoral, dois ligados a comunicação oficial!.

O presidente não divulgou os nomes. Além de Reni integram a CPI os deputados Artagão Júnior e Teruo Kato (PMDB), Mara Lima (PSDB), Dr. Batista (PMN), Toninho Wandscheer (PT) e Rasca Rodrigues (PV).

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. SE EU CONTRATAR UMA PESQUISA DO IBOPE, E PAGAR 2,3 MILHÕES COM O DINHEIRO DOS PARANAENSES, É CLARO, EU TEREI MAIS DE 80% DE ACEITAÇÃO POPULAR PARA QUALQUER CARGO PÚBLICO, DAÍ TAMBÉM COM O DINHEIRO DO POVO, EU MANDARIA PUBLICAR EM TODOS OS JORNAIS DO ESTADO EM PRIMEIRA PÁGINA. SERÁ QUE O POVO É IDIOTA DE ACREDITAR? OBS: QUEM TEM A MAIOR ACEITAÇÃO POPULAR NO BRASIL ATUALMENTE É A DILMA, E EU GANHARIA ATÉ DA DILMA. É MOLE OU QUER MAIS

  2. CPI laranja…alias, a ALEP é um verdadeiro laranjal…sai fora deputado reni!!! CPI DOS PEDAGIOS JA!!!!

  3. Se ele falar a verdade, sai de lá algemado.
    O jeito é mentir… Como sempre faz o IBOPE !

  4. se mentir for crime cadeia nos politicos ,todos mentem. não existe um justo .so existe o menos injusto.

  5. cade a liberdade de expressão que tanto pregam? deixe o instituto a vontade ,se eles mentem ,não mentem sozinhos .a grande impresa não mente ,mas planta as vezes…

  6. Ainda temos a Cpi da máfia dos Combustiveis em Curitiba, a Máfia da Sanepar que foi esquecida e a Máfia dos Pedágios que persiste há décadas e e continuamos sendo assaltados nas rodovias paranaenses.

  7. Só queria saber quando os nobres deputados estaduais irão convocar os donos das concessionárias de pedágio pra falarem na tribuna da assembléia.