Dilma foi, mas não foi à  posse de Barbosa no STF

Discreta, a presidente Dilma Rousseff atendeu à  posse do novo presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, sem esboçar qualquer emoção. Acabou chamando atenção pela cara fechada, mais eloquente do que qualquer discurso

via Brasil 247

Quando o ministro Joaquim Barbosa foi ao Palácio do Planalto convidar a presidente Dilma Rousseff para sua cerimônia de posse na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu-se a polêmica: diante do tratamento rígido que o relator da Ação Penal 470 reservou aos petistas envolvidos no processo, Dilma deveria ou não comparecer ao evento?

Especulou-se, à  época, sobre pressões dentro do PT e até do ex-presidente Lula para que ela não fosse à  cerimônia. Contudo, enquanto chefe do poder Executivo, a opção de não ir à  posse de Barbosa nunca esteve posta à  presidente (a não ser que ela tivesse um belo motivo para justificar o envio de um representante em seu lugar). Ainda assim, ela parece ter dado um jeito de não comparecer, mesmo tendo sentado ao lado de Barbosa durante toda a cerimônia.

Mais do que discreta, a presidente fez questão de não aparecer em praticamente nenhuma foto sorrindo. Ao contrário do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), também não trocou cochichos com Barbosa. Dilma passou a cerimônia inteira de cara fechada e são raros os cliques que conseguiram flagrar um esboço de sorriso no rosto da presidente. Sem discursar, ela falou de forma eloquente por meio do restrito gestual. A mensagem foi sutil, mas está dada.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Se bobo cara?? falso mesmo , é a Fernada richa, q só vai nas favelas em época de eleiçoes.

  2. Um secretário de Casa Civil, a segunda pessoa na ordem administrativa do Brasil, reúne-se com banqueiro e propagandista numa sala do palácio presidencial e logo a seguir, começa a irrigação de contas bancárias de deputados da base para a certeza da aprovação de projetos de interesse do presidente, numa operação safada e criminosa que se chama caixa dois. A Imprensa descobre e divulga, o Ministério Público denúncia, o STJ composto em sua maioria de ministros indicados por Dilma e Lula, julga e condena à luz do dia, em sessões transmitidas pela estatal TV Justiça e vem dona Dalva falar em pressão midiática, aquelas babozeiras que Zé Dirceu quer empurrar goela abaixo da brasileirada.
    Jesus me abane!

    • Um julgamento em pleno período eleitoral, grande parte dos partidos politicos envolvidos, os canhões midiáticos voltados semente na direçao do PT… e ainda vc quer dizer q a mídia podre ñ teve nada ver?? E ñ exerceu pressão encima do STF? Ééééééééééé´, conta outra Parreira, q essa ñ colou!!

  3. ….COLOCAÇÃO PERFEITA ….FOI …MAS NÃO ESTEVE….
    ….QUE “CARETA RANSOZA”…..DA PRE…..!!!!!!!!!!!!!!

    ….PN.-

  4. precisava de um juiz como o Joaquim Barbosa aki no Parana.

  5. Copncordo com o Parreira.
    A Presidente tem que ter uma postura a altura de seu cargo.
    Acho que ela foi até muito além de sua obrigação na solenidade beijando o Ministro.
    Na minha opinião o terceiro poder deve ser sério, então uma solenidade como esta tem que ser revestido de seriedade.

  6. Fui radicalmente contra que Dilma participasse dessa posse no STF, num momento de linchamento midiático e partidarizado e com tanto desrespeito aos milhões de petistas praticados por essa corte. Torci até o último minuto para que ela não fosse, alegando um mal estar ou outra desculpa. Mas enfim, ela foi e eu percebi a frieza dela logo na chegada ao cumprimentar JB. A partir dali, minha presidenta só me deu orgulho ao tratar o episódio com olhar de indiferença, de só estar cumprindo protocolo e totalmente à vontade para se sentirr alheia ao que se passava ali. Foi bem como vc disse Esmael: ela foi mas não foi. Parabéns pra ela. O ponto máximo foi que, ao cumprimentar Lewandowsk, ao tomar posse de vice, teve beijinhos. Só que no término ela não conseguiu se livrar dos bjos de despedida do judas, do agora presidente do stf.

    • TUDO A MÍDIA!
      Que pena tenho destes teleguiados, como esta que escreve pelo codinome “Dalva”.
      Primeiro que nem todos podem se dar ao luxo de alegar uma “dor de barriga” para não comparecer a compromissos protocolares. SEgundo, a posse era do Presidente de um dos Poderes da República. Terceiro, não foi a mídia que condenou o PT, tão pouco o STF condenou o PT. Condenados foram os que cometeram crimes. Se eles são líderes seu, o problema não é do Superior Tribunal Federal.

      Quanto aos brasilkeiros, fale por sim, não por mim ou outros que pensam diferente de ti sobre a ética na administração pública.;

    • Nossa Dalva!!! Virgem Maria!!! Vcs petistas foram injuntiçados? Nós também temos que nos conformar com o fato de, nesse país, não haver pena de morte. A não ser para aqueles cujo futuro foi roubado pela sua gangue!!!

  7. PASSANDO RECIBO!
    Como não estive na posse do STF, logo não presenciei para testemunar. E sabemos que a imprensa seleciona imagens conforme o interesse do texto a ser publicado. Logo, vá saber se foi ou não isto mesmo.

    De qualquer forma se assim foi, só fez passar recibo de resentimentos, o que não é bom para um Chefe de Poder da República . E de outro lado, olha a cara de preocupado do Presidente do STF.

    Se fosse em outras circunstâncias, o PT e o Governo estaria fazendo maior escarcéu sobre um “negro” e origem pobre ter chegado pela primeira vez ao STF. Isto mostra que o sentimento de enaltecer as classes menos favorecidas ou representantes de minorias (se bem que descendencia afro pode se dizer ser maioria) é falso, “da boca pra fora”, como dizia minha avó.

  8. A presidente Dilma manteve o cenho franzido para demonstrar seu desgosto com a postura do relator do julgamento do Mensalão por conta da sua postura de condenação aos petistas mensaleiros?
    Se é isso, ela deveria aproveitar que estamos em um país razoavelmente livre para expressar a sua opinião, de público, a todos os brasileiros.
    Porque eu não acredito que esse tal Joaquim Barbosa tenha medo de beicinho ou cara feia.

  9. Vamos para com essa idolatria ao Barbosa. Ele apenas cumpre o ofício dele e querem transformá-lo em herói. VOCÊ VOTOU NELE POR ACASO ?

  10. Não precisa caprichar tanto, Esmael. O peso da solenidade não permite mesmo trejeitos, caras e bocas.
    Dona Dilma foi sim, e a sua postura foi de presidente de República que conhece a dimensão do seu cargo.

  11. perfeita a sua analise!!! O RECADO ESTA DADO!