Alunos de formação da PM denunciam condições precárias de ensino no 13!° Batalhão

por Felipe Ribeiro, via portal Banda B

13!º Batalhão de Polícia Militar (13!º BPM), em Curitiba.

Alunos soldados do 13!° Batalhão da Polícia Militar (BPM) denunciaram à  Banda B na manhã desta quinta-feira (29) supostas más condições pela qual estariam sendo submetidos na Escola de Formação de Soldados, em Curitiba. De acordo com a carta, desde o momento que o curso de iniciou, no dia 17 de maio, eles tem feito expediente de 16 horas por dia e com apenas duas refeições diárias.

Estamos nesta carga horária a mais de dez dias e entre as 18h e à s 22h ficamos ociosos, sem fazer absolutamente nada. Alguns alunos moram a mais de 40 km do batalhão e possuem família para cuidar e há mais de cinco dias não vão para casa, dormindo no interior de seus veículos em condições precárias, lavando suas roupas e seus utensílios pessoais em pias do banheiro sem condições básicas de higiene pessoal, pois o batalhão não oferece nenhuma estrutura!, afirma a carta.

Segundo o relato, a maioria dos alunos tem dormido menos de quatro horas por dia e está sendo obrigada a comprar equipamentos que deveriam ser fornecidos gratuitamente pelo Estado. Muitos de nós já estamos apresentando transtornos psicológicos, tais como alternância repentina de humor, falta de concentração, sinais depressivos, principalmente notados em casa, por nossos familiares!, diz o a denúncia.

Para completar, os alunos dizem que estão sendo obrigados a cumprir escalas externas em dupla, sem armamento necessário para cumprir o serviço com segurança. Não temos tempo para estudar e assim estamos sendo prejudicados nas notas finais e na formação como novos policiais militares, mesmo com a nova política de ensino da Policia Militar a de Polícia Comunitária, como praticar o policiamento comunitário, como não ser truculento tendo uma formação extremamente truculenta!, conclui.

Resposta

Em entrevista ao Jornal da Banda B edição da tarde desta sexta-feira (30), o diretor de ensino da Polícia Militar, coronel Heraldo Régis Bório da Silva, confirmou algumas das acusações, mas negou que as condições de ensino do 13!° BPM sejam precárias. Eu até concordo com eles quando dizem que o policial ter problemas psicológicos, mas eu posso afirmar que existe um exagero com relação à s reclamações expostas na carta. Não queremos formar uma polícia opressora e dessa forma estaríamos formando soldados truculentos, o que não é nosso objetivo!, afirmou.

Segundo o coronel Silva, a atividade extensa pode sim ocorrer, mas isso é uma necessidade que o profissional pode enfrentar durante toda a carreira. Este momento que eles dizem estar ociosos eu discordo completamente da carta. Se hoje estamos numa situação delicada de efetivo, então nunca poderíamos deixar alguém ocioso, eles devem estar sempre trabalhando!, garantiu.

Sobre a questão estrutural, o coronel confirmou que o 13!° BPM necessita de melhorias, mas afirmou que eles não são submetidos a condições desumanas. O equipamento que eles se referem é em relação ao cinto de guarnição, que a polícia teve um problema com uma licitação na qual não pode entregar os cintos em tempo hábil e para a escola. Eles precisavam do cinto para o treino. Houve a solicitação, não uma obrigatoriedade para que eles pudessem ter o básico, mas também houve a opção de eles realizarem o treino com um cinto mais simples!, concluiu.

Para completar, o coronel Silva se comprometeu a fazer uma inspeção que identifique os problemas de cada escola de formação para amenizar da melhor maneira possível este problema.

24 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. como choram hein……. a vida de aluno ta facil de mais…. na minha epoca eu dormia 3 horas e quando dava tempo…. nao fiquei loco e aprendi a policial militar de verdade…. vcs nao estao nem no inicio tem mais 30 anos pela frente vao chorar a vida toda????? se nao esta bom pedi pra sair vai fazer outra coisa da vida pq vc nao merece a farda que veste…..

    • bem isso ai jefferson, com 10 dias o cara ja ta reclamando. A única coisa que ele ta reclamando certo é da alimentaçao, só isso. Que o governo manda so o resto do resto.

  2. Salvo se não fizer parte do treinamento e recrutamento de talentos . Digo salvo porque existe um treinamento da Mossad chamado Treinamento do Inferno, cujo alguns PMs e Policiais Civis que na era Lerner foram escolhidos e mandados para Israel fazer o dito curso de sobrevivência sob condições extremamente adversas. Quem fez o curso sabe que quem não tem resiliência desiste, pira , critica e inventa justificativas para abandonar o treinamento. A priori a descrição me parece idêntica ao treinamento dado em Israel. O Paraná ganhou muito, no Brasil o grupo Garra da Polícia do Paraná é um centro de Excelência operacional dificilmente perde uma parada. É composto de homens com perfil adequado. Agora se o curso preparatório não contém no planejamento pedagógico esse tipo de treinamento. É caso de intervenção do MPPR e mais uma nota simbólca de débito na já devedora conta do atual governo. A tropa reflete o espírito de seu comandante, portanto fiquemos de atalaia.

  3. O problma da nossa policia é que eles não estão agindo na prevenção, com inteligencia, a policia é um agente funeral, quando matam alguem em 2 minutos tem ali 10 viaturas,todo
    mundo de arma em punho, mas se vc liga e disse que está acontecendo um fato levam 10 hs para aparecer, tem que fazer como a policia federal, podem notar, quem desmantela gangues e maracutaias , prende drogas em grandes quantidades é a pf. agem com inteligencia tem condiçõe de trabalho e são mais preparados que esses coitados chamados pm é uma vergonha o governo faz politica, ganha eleição nas costas da segurança pública e da saúde, mas não cumpre nada.

    • O problema é que o governo não pretende gastar com Segurança Pública, diga-se lobby.
      A segurança privada agradece o descaso do Governo Federal e Estadual, que na era FHC e Lula-Dilma, Governo Lerner,REquiao e Beto, que aderiram a política de sucateamento da Segurança Pública.

      Querem copiar o modelo da polícia dos Países de 1º Mundo, primeiro valorizem o profissional.

    • likinha, vc assiste muiittttoooo jornal nacional. Mais muito mesmo. Mais uma coisa vc falou certo, a PF tem condiçoes de trabalho, e outro que vc esqueceu, ganham bem. Prendem muito so que nao mata igual a PM.

  4. o 13º bpm está sucateado!!!!!

  5. olha a policia tem que ser ensinada como os marines.vou pegar o ditado do felipão.quem quer molesa que va trabalhar no banco do brasil.o balança geral disse que vai apresentar uma reportagem.mas eu indico uma escola de balé ,ou tenis. porque eu sei que ser policial não e facil! a unica coisa para o policial ,no momento é melhorar o padrão de vida dele , no minimo dobrar o salario deles,os secretarios do estado trabalham pouco nãoenfrenta perigo e ganham muito ,que a policia.os policiais não precisam de compaixão ,mas que tenham um salario digno com os riscos! eles escolheram a profissão com orgulho ,mas os dividendos não ajuda……

  6. Esses alunos não sabem de nada, não viu nada ainda.
    Eu trabalhava 48 por 48 aqui no interior,no final de semana, e demais dias 40 por 48, com escala extra ainda. Tinha que dar apoio em 2 cidades, atender os distritos, prestar auxílio a população até a chegada do bombeiro, auxiliar na delegacia da cidade, emfim inúmeras atividades.
    Hoje estou na RR e meus companheiros continuam trabalhando, extrapolando a carga horária, e não tem onde reclamar, pois somos militares, optamos por essa profissão que não tem nada definido em lei, quanto aos nossos direitos.
    (Digo, carga horária,alimentação,vale transporte,adicional noturno,insalubridade, periculosidade,fardamento).
    Quando tem tal definição em Lei, nossas autoridades não cumprem, vejam o caso do subsídio,a AMAI esta brigando para que tenhamos um subsídio justo, adin 4840.

  7. ESMAEL ALGUNS PROGRAMAS SOBRE “SEGURANÇA PÚBLICA” QUE SÃO APRESENTADOS AO MEIO DIA EM CURITIBA, SE LEMBRA MOSTRARAM ÁS IMAGENS DA ATUAÇÃO DE UM POLICIAL MILITAR DA BAHIA, ESPERAMOS QUE NÃO SEJA SÓ NA FRENTE DA CÂMERA, ONDE O MESMO MOSTROU-SE EDUCADO, GENTIL E ORIENTADOR NO TRATO COM A POPULAÇÃO NO TRÂNSITO NUMA DAS RUAS DAQUELE ESTADO! POIS É, DEVIDO Á ISSO QUE PODE TER SIDO UM DOS MOTIVOS JUNTO A CAMPANHA DE DESMORALIZAÇÃO, DIMINUIÇÃO, DESPREZO, ÓDIO E RAIVA CONTRA E PARA HUMILHAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ, PERANTE A POPULAÇÃO PATROCINADA “EM NOME DA VERDADE” DEVIDO “ERROS DE ATUAÇÃO” DA POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ POR ESTES PROGRAMAS, APELARAM AO BOM SENSO E A HUMILDADE DESTE “TIPO DE IMPRENSA” PARA VER SE AINDA DÁ PARA RESGATAR UM POUCO DE CONSIDERAÇÃO E RESPEITO NA MENTE E NO CORAÇÃO DAS PESSOAS AO BOM NOME NÃO SÓ DA INSTITUIÇÃO POLICIAL, MAS PARA MELHORAR A ALTO ESTIMA PROFISSIONAL, O ÂNIMO E A FÉ NA ATUAL POLÍTICA DE SEGURANÇA NO ESTADO POR PARTE DE CADA SUBTENENTE, SARGENTO, CABO E SOLDADO QUE SÃO A MAIOR BASE TRABALHADORA DA PM NAS RUAS DO PARANÁ E ALVO POR SEREM A MAIORIA DE FUZIL, METRALHADORA, PISTOLA, REVOLVERES, PEDRAS, PAUS, DE CUSPARADA, XINGATÓRIOS E INGRATIDÃO DE ÓRGÃOS DA IMPRENSA E DA DE BOA PARTE POPULAÇÃO! OU, SEJA DIVULGUE, COMENTE E FAÇA O CAMINHO DE VOLTA SE DER, ESTÁ CAMPANHA EM QUE “O POLICIAL MILITAR TEM QUE CONTAR ATÉ 10 PARA SABER ATENDER OCORRÊNCIA!” CERTO! O GOVERNADOR CONSEGUE, A SECRETARIA DE SEGURANÇA CONSEGUE E O ALTO COMANDO DA PM CONSEGUE! ACREDITO QUE ESTES PROGRAMAS CONSEGUIRÃO TAMBÉM! http://www.blogdajoice.com/2012/11/policia-militar-do-parana-adere-a-campanha-conte-ate-10/#respond

  8. Sou policial militar do 13 bpm entro as 1900 horas vou até 0700 hs da manha perfazendo 12 horas sem direito a alimentação , adicional noturno e ainda tenho que fazer reforço de 6 horas antes de completar 72 horas de descanso , acho que a escola ta até moleza imaginem quando entrarem em uma viatura e terem que mendigar comida nas madrugadas ……eta polícia do século XIX.

    • concordo com vc Antonio,meu marido até quando era cabo depois de dez anos de pmpr,limpava banheiro e sua sala no 13,esses dias vi uma mãe reclamar que o filho aluno recem formado,estava afastado deprimido porque foi obrigado a limpar banheiro??essa será nossa futura policia, estamos perdidos…

      • Bom Marcia, nao vejo problema em limpar banheiro, varrer, etc… disciplina. Se o piazão ai ta deprimido com issooo, morre né. Agora não ter alimentãçao para o policiaaalll. Isso sim e vergonhosooooo. Presos tem alimentação. Pqp.

      • Estes policiais poderiam estar na rua servindo ao povo…
        E Não, recebendo, 3$mil pra lavar banheiro dos Oficiais, isso é Tolice!

        Sua mentalidade é do exército de 1960…
        estamos em outro século.

  9. A formação dos policiais é uma tarefa de extrema responsabilidade,exige planejamento e deve ser feita por profissionais que conheçam os limites dos alunos.Não basta quantidade,o principal é a qualidade dos policiais,e isto começa pela boa formação,boa remuneração e bom equipamento.

  10. inda querem que saiam com uma boa formação da acadêmia, e por estas e outras razõe que acontece incidentes como este visto algumas semanas no Bairro Alto em Curitiba. Será que este comando ainda continua, acôrda Governador das corridas de Kart.

    • ainda eles não falarão que os instrutores até agora não receberão nada pelas aulas dadas, e não sabem quando o governo vai pagar!!!!!

  11. ESMAEL E DEMAIS A “IDEOLOGIA VAGABUNDA ESTÁ ACABANDO COM A POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ!” HOUVE ERROS? SIM! E QUE “SÃO COMUNS” EM QUALQUER ORGANISMO HUMANO! MAS O “OPORTUNISMO SENSACIONALISTA” DA MÍDIA IRRESPONSÁVEL E “A BAIXA IMPRENSA” EM ALGUMAS PARTES DO PARANÁ E EM CURITIBA CONSEGUIRAM DESENCADEAR NO INCONSCIENTE COLETIVO DA POPULAÇÃO UMA CAMPANHA DE DIMINUIÇÃO, DESPREZO, ÓDIO E RAIVA CONTRA E PARA HUMILHAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ!

    São os tempos daquilo que já lhe expus em outra postagem, ou seja, são tempos da famigerada “ideologia vagabunda” contra a Polícia Militar, pois, o que direciona uma sociedade é a política de um modo sistêmico e amplo. A eleição traduz o nível de democracia paroquial ou regional. São as eleições que mudam ou renovam o poder público nos sistemas representativos. A partir destas informações, desejo comentar sobre oportunidade política e oportunismo, numa disputa eleitoral ou após a mesma. É nesta fase que se deve avaliar a eficiência das políticas públicas. Assim, a “OPORTUNIDADE POLÍTICA”, proporcionada pelo momento histórico (NOVEMBRO CINZA DA PMPR EM 2012) e legítimada por algum tipo de eleição, é imensa e favorável para que a administração pública e seus administrados busquem melhores mentalidades, melhores dias e ampliação da qualidade em algum sentido da vida. É neste momento (DE CRISE) que devemos medir a real situação das ações em saúde pública, educação, cultura, geração de empregos, segurança, meio ambiente, infra-estrutura, assistência social e habitação popular. Para os policias militares que devido seus títulos eleitorais que se envolverão ou envolvem com a política partidária e quando não lhes dão os devidos apoios, também surge a oportunidade de contribuir ainda mais na elaboração de projetos, planos e ações que serão apresentados para a renovação e progresso seja lá do que for. Todos os políticos legítimos e com afinidade com a corporação (O FAMOSO PÚBLICO EXTERNO), ganham a possibilidade real de auxiliar na superação dos problemas e dificuldades. O “OPORTUNISMO” é uma expressão derivada e pejorativa do termo oportunidade. Caracteriza-se naquela postura de tirar proveito das circunstâncias (GERALMENTE RUINS) num dado momento em benefício de seus interesses pessoais. A pessoa nesta situação comete assim o oportunismo quando se esquece de participar do processo de mudança, deixa de lado as avaliações e escolhe vender a sua consciência para o “sensacionalismo barato e chulo”. É um gesto individualista que despreza a oportunidade de mais ganhos sociais. Os oportunistas são aqueles que apareces de um contexto alheio a corporação mostrando-se salvador da pátria mas são falsos representantes que buscam na fragilidade material e de imagem pública da corporação para aliciar seus integrantes, através de milagrosas promessas, ás coisas irão se repetir. Agora irão aparecer muitos “oportunistas políticos aventureiros”, que nada fazem, e buscam nas circunstancias desgastantes em que está envolvida a corporação, mais espaço para aparecer. Contudo, oportunidades políticas são importantes para o bem comum e oportunismos geram atrasos irreparáveis para todos, saibamos discernir isto! Sempre esperamos por oportunidades. Alguns afirmam que nunca tiveram oportunidades. Assim, é aprazível a valorização dos momentos oportunos, pois alguns afirmam que a oportunidade surge uma única vez. Na história a oportunidade política” para melhorar sempre antecede a revolução, o que é preciso daqui para frente é mais coerência na hora de depositar o voto na urna. “POLÍCIA PARA QUEM PRECISA! POLÍCIA PARA QUEM PRECISA DE POLÍCIA?” JÁ CANTAVAM A BANDA DE ROCK TITÃS. APESAR DE TUDO A POPULAÇÃO COMUM AINDA PRECISA!

  12. O piá de prédio prometeu 10 mil novos PMs até o final do mandato.

    Pelo jeitão vai cumprir a promessa. Mas verdadeira instrução destes PMs só será feia na rua, na prática, academia é só perfumaria!

    Eles, e nós, tamofu……

  13. Esmael uma turma da polícia estava ou ainda esta em treinamento no Bosque da Uva em Colombo ,e a academia do Guatupê será que não seria o local mais apropriado para isso….!!!caramba a PM tá sem cinto operacional…complicado heim …enquanto isso carros de luxo servem aos “aceclas” do Beto Richa eitaaa Paranasão sem comando!!