2 de novembro de 2012
por esmael
27 Comentários

Vêm aí mudanças na Casa Civil de Gleisi Hoffmann

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, a segunda mulher mais forte deste país, trabalha com dois cenários políticos possíveis. O primeiro !“ e mais provável !“ seria descer à  terra das araucárias para disputar o governo do Paraná em 2014. O segundo !“ que dependerá da combinação de resultados !“ seria permanecer em Brasília, a pedido da presidenta Dilma, e arriscar um voo mais alto em 2018. Em outras palavras, suceder Dilma. ... 

Leia mais

2 de novembro de 2012
por esmael
10 Comentários

Cerco sem fim empurra Lula à  candidatura em 2014

do Brasil 247

Lula está na alça de mira dos sem-voto. Suplantada, paulatinamente, como se viu no resultado final das eleições municipais, pelo crescimento sustentado do PT !“ uma agremiação que a cada eleição, desde 1982, obtém mais votos em relação ao pleito anterior –, a oposição já percebeu que será impossível, pelo caminho das urnas, abater o ex-presidente. O que não significa que irá deixar de lado o pauta permanente de acabar politicamente com ele.

As tentativas de tirar Lula do jogo recrudescem e estão concentradas, a partir de agora, no chamado “tapetão” !“ os diferentes ambientes judiciais para representações, investigações e julgamentos fraqueados a todos pela Justiça brasileira. Para a próxima terça-feira, o deputado Roberto Freire (PPS-SP) já anuncia a entrada de pedido formal à  Procuradoria-Geral da República para que Roberto Gurgel e seus promotores iniciem um investigação específica contra o ex-presidente.

Esse ardil, no entanto, está produzindo um paradoxo. Pensado para acuar Lula como uma raposa perseguida por cães e jagunços, ele já vai despertando um efeito reverso. Precisamente o que está levando Lula a ensaiar uma saída em grande estilo de sua toca, posicionando-se para bons entendores como candidato à  Presidência da República em 2014.

– O último capítulo da minha biografia não será escrito pelo Supremo Tribunal Federal, teria dito o ex-presidente a interlocutores recentes, que já espalham a frase para suas correntes de amigos.

Como se sabe, Lula, entre o domingo 28 da surra político-eleitoral aplicado por Fernando Haddad e o PT em José Serra e o PSDB, e esta sexta-feira 2, ainda não fez nenhum pronunciamento público sobre os pleitos municipais. Mas protegido pelos vidros pretos do Instituto Lula, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, entre assessores, amigos e visitantes o ex-presidente manifesta uma avaliação extremamente positiva sobre o desempenho de seu partido.

– Gostei de tudo, principalmente do nosso resultado em Taubaté, divertiu-se Lula em reunião informal no Instituto Lula, na segunda-feira 29.

– Mas lá nos perdemos, presidente, lembrou um dos auxiliares, ciente de que o petista Isaac do Carmo fora derrotado pelo tucano José Ortiz por 37,08% dos votos válidos contra 62,92%.

– Pois é, mas implantamos o PT, que ali não tinha nada, praticamente nem existia. Leia mais

2 de novembro de 2012
por esmael
15 Comentários

Governo Beto Richa corta 20% do cafezinho para comprar helicóptero de R$ 13,5 milhões

Helicóptero do governo do Paraná em Jaguariaíva durante a campanha eleitoral.

No final do mês de outubro, o governador Beto Richa (PSDB), por decreto, determinou o corte de 20% nas despesas. A medida atinge a administração direta e indireta, que precisou economizar com pessoal e encargos, materiais de consumo, serviços de terceiros e manutenção. Ou seja, o cafezinho dançou. ... 

Leia mais

2 de novembro de 2012
por esmael
31 Comentários

28 prefeituras da região Noroeste do Paraná podem fechar meio expediente

O ex-governador Roberto Requião (PMDB) tinha na ponta da língua uma resposta aos prefeitos que, volta e meia, falavam em fechar as prefeituras e atender em apenas meio expediente visando economizar: Que renunciem ao cargo!!, esbravejava o peemedebista, que ainda pregava que o povo não merece meio prefeito!. Coisas de Requião, mas é fato que a população desses municípios será prejudicada com o expediente e a oferta de serviços reduzidos.

Até agora, o governador Beto Richa (PSDB) não se pronunciou acerca dessa possibilidade concreta de fechamento das prefeituras.

Amunpar sugere meio expediente nas Prefeituras

por Ricardo Paiva, via Diário do NoroestePrefeitos das 28 cidades que compõem a Associação dos Municípios do Noroeste Paranaense (Amunpar) discutiram ontem o fechamento das prefeituras por meio período como forma de redução de gastos e em protesto contra a diminuição dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A medida só será tomada por alguns municípios. Queremos que a população veja que estamos sendo obrigados a tomar algumas medidas de contenção de despesas promovidas pela queda no repasse do FPM e pelo aumento dos encargos da máquina púbica!, destacou Zé do Peixe, prefeito de Marilena e presidente da Amunpar.

A Amunpar, como forma de contenção de gastos e seguindo as orientações da Associação dos Municípios Paranaenses (AMP) e da Confederação Nacional dos Municípios, sugeriu que os prefeitos fechem as portas por meio expediente e tomem algumas medidas de economia.

à‰ com o FPM que bancamos a folha de pagamento e 13!º. Esse ano tivemos ainda o reajuste dos professores e dos servidores. Tem municípios que correm o risco de não honrarem seus compromissos com os Leia mais