“Sou contra o aborto”, diz Ratinho Junior, que reedita em Curitiba a campanha presidencial de 2010

Agenda conservadora de Ratinho desagrada o aliado PCdoB.

O candidato a prefeito de Curitiba pelo PSC, Ratinho Junior, reuniu-se neste sábado (20) com várias lideranças de igrejas evangélicas. Ele assinou um compromisso com o Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política onde se compromete a defender os princípios da família e da vida.

Pelos meus princípios cristãos sou contra o aborto. Tenho meus posicionamentos claros em relação a este assunto!, vangloriou-se Ratinho Junior, ao afirmar que “é o único candidato que se posicionou contra o aborto e a favor da vida”.

O diabo é que a declaração do candidato do PSC causou urticária nos militantes do PCdoB, que compõem a coligação. Os comunistas — e os movimentos feministas que funcionam como braço político do partido — defendem o direito de a mulher decidir pelo seu próprio corpo.

Ao que parece, Ratinho Junior pensa em reeditar a campanha do tucano José Serra que, em 2010, tentou carimbar a então adversária Dilma Rousseff (PT) como “abortista”.

A pergunta é: será que esse tema cola em Gustavo Fruet (PDT) cuja aparência lembra muito a de um padre?

Comentários encerrados.