Serra com 28%, Russomanno com 27% e Haddad com 24% embolam disputa em SP

da Folha.com

A disputa pela Prefeitura de São Paulo chega ao primeiro turno com três candidatos empatados tecnicamente e com um segundo turno indefinido, de acordo com pesquisa Datafolha. Na véspera da eleição, José Serra (PSDB) aparece com 28% dos votos válidos, contra 27% de Celso Russomanno (PRB) e 24% Fernando Haddad (PT).

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento, em parceria com a TV Globo, foi feito nesta sexta-feira (5) e sábado (6) e ouviu 3.959 pessoas.

Embora tenha oscilado dentro da margem de erro em relação a pesquisa anterior, realizada entre os dias 2 e 3 de outubro, o levantamento atual mostra queda acentuada de Russomanno nas últimas pesquisas. Há oito dias, na pesquisa concluída no dia 27, ele aparecia com 34% dos votos válidos.

No levantamento atual, Gabriel Chalita (PMDB) aparece com 13%, Soninha (PPS) tem 5% dos votos válidos. Carlos Giannazzi (PSOL), Paulinho (PDT), Ana Luiza (PCO) e Levy Fidelix (PRTB) aparecem com 1%. Os demais candidatos não pontuaram.

Os votos válidos excluem brancos, nulos e, no caso da pesquisa, também eleitores indecisos. à‰ como a Justiça Eleitoral divulga o resultado.

Nas simulações de segundo turno, Russomanno ainda leva vantagem em um eventual confronto com Serra (44% a 37%).

Quando o adversário do candidato do PRB é Haddad, porém, os dois empatam tecnicamente, com vantagem para o petista, que aparece com 40% contra 39% de Russomanno.

Em um cenário entre Haddad e Serra, o candidato do PT tem 45% contra 39% do tucano.

“à‰ parte do processo democrático, além de outros fatores, o eleitor levar em conta também os resultados das últimas pesquisas para tomar sua decisão. Em disputas tão equilibradas como essa de São Paulo o voto útil pode ser um dos detalhes que definirá os finalistas”, afirma o diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino.

REJEIà‡àƒO E ESPONTà‚NEA

A pesquisa também mostra que Serra ainda lidera em relação a rejeição aos candidatos, com 42% da menções. Russomanno tem 30% e Haddad aparece com 25%.

Em relação à  pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos ao entrevistado, Serra aparece com 19% das intenções de voto, contra 17% de Russomanno, 16% de Haddad e 9% de Gabriel Chalita (PMDB).

A exemplo do que acontece na pesquisa estimulada, neste recorte Russomanno também cai em relação a levantamentos anteriores. Há oito dias, na pesquisa concluída no dia 27, ele aparecia com 22% das respostas estimuladas.

“à‰ raro um candidato perder intenções de voto espontâneas como o que ocorreu com Russomanno nas últimas semanas. Isso pode indicar a continuidade dessa tendência no dia da eleição”, diz Paulino.

A pesquisa foi registrada com o número SP-01778/2012.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Para uma coisa as pesquisas servem, sinaalizam a tendência…! HADDAD, o que mais SUBIU e que tem a MENOR rejeição!

  2. Haddad prefeito
    Que sera que o Russomano aprontou para despencar tanto ?