Segundo turno em Curitiba: cuecas de seda x cuecas de algodão

Publicado em 3 outubro, 2012

Gustavo Fruet, Ratinho Jr e Luciano Ducci. Arte: Diego Portella/O Estado PR.
Até os próprios correligionários do prefeito Luciano Ducci (PSB) já assimilaram o apelido cuecas de seda! criado pelo apresentador Ratinho, durante um comício na CIC, quando ele reclamava de censura à  sua participação na campanha do próprio filho !“ Ratinho Junior (PSC).

Pois bem, os partidários do prefeito dizem que do outro lado da cerca estão os cuecas de algodão! !“ seja Gustavo Fruet (PDT) seja Ratinho Junior !“ com quem disputarão o segundo turno.

Fato concreto é que Ratinho Junior consolidou sua presença na segunda etapa eleitoral. Aguarda o adversário do confronto entre Ducci e Fruet, que lutam por uma vaga restante. Só um seguirá adiante a partir deste domingo (7). A situação é dramática.

Enquanto isso, na camundongolândia, Ratinho Junior inicia contatos políticos para o segundo tempo da batalha eleitoral. Faz discretas consultas. Sonda amigos e possíveis amigos. Tem dúvidas acerca do discurso de independência. Não sabe se mantém ou sepulta essa conversa de independência a partir da semana que vem.

Mais tímido, Ducci também flerta com alguns setores visando o segundo turno. Movimenta-se sem fazer muito barulho para não vender a imagem de arrogância, haja vista que ainda corre risco de não seguir adiante. à‰ verdade que o prefeito é o franco favorito para o mano a mano com Ratinho.

Tanto Ratinho quanto Ducci preferem o enfrentamento entre si a bater de frente com Fruet. Ambos se escolheram desde o início da campanha, há 90 dias, pois eles acham que seria mais difícil de bater o pedetista no voto. Para os leitores deste blog, isso não é novidade alguma.

A situação de Fruet é muito complicada. Segundo os institutos de pesquisa, sua distância do segundo colocado na disputa é grande e o número de indecisos já é bem menor. Ou seja, não há muito tempo para tirar os pontos dos adversários e não há por onde crescer.

Para completar o quadro de horror, o crescimento de Rafael Greca (PMDB) nesta reta final o sepulta de vez as pretensões de Fruet. Com um discurso oposicionista, o peemedebista tem abocanhado parcela dos votos indecisos que não querem Ducci.

Resumo da ópera: Resta a Ducci e Ratinho torcerem para que os institutos de pesquisa estejam certos e a Fruet e Greca que os resultados das urnas digam outra coisa.

Comments are closed.