Jornalista do Paraná foi assassinado por marido traído, diz polícia

Na manhã de hoje, amigos e parentes de Leandro fizeram um ato cobrando agilidade das autoridades policiais. Foto: Thea Tavares/Facebook.

O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Leonir Batistti, disse nesta quinta-feira (18) que um homem confessou ter assassinado o jornalista cinematográfico Anderson Leandro da Silva, de 38 anos, desaparecido há 8 dias, porque a vítima teria um caso com sua mulher.

A polícia ainda não localizou o corpo do jornalista, mas, com a confissão do acusado, prevalece a tese de crime por motivação passional. A família de Anderson havia cogitado a hipótese de crime político.

De acordo com Batistti, o acusado disse ao Gaeco que, assim que soube da traição da mulher, atraiu o jornalista até um local próximo a Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, e o assassinou.

Detalhes sobre como ocorreu o homicídio não foram revelados pelo coordenador do Gaeco. O acusado está preso, mas não teve o nome confirmado.

Com informações da Gazeta do Povo.

Em tempo: A polícia informa que encontrou o corpo de Anderson Leandro. Eu o conheci e convivi com ele no início dos anos 90, no movimento estudantil. Meus sentimentos aos familiares.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Estranho mesmo é um assassino se entregar assim, de mãos beijadas à polícia. Isso para mim parece história de caroxinha. Será que o suposto criminoso, não teve suas mãos e bolsos molhados por alguém? Os interesses políticos por trás desse jornalista eram muito grandes. E com certeza envolviam colarinhos brancos.
    É aquela história, se entrega pega uma grana preta e ta tudo certo, daqui a pouco vc sai do xadrez.

  2. Pessoas estão se fantasiando de Deus . mais o novo mundo esta proximo.
    todos o que jugam serão jugados .pessoas perderam o temor a Deus

  3. Se o Gaeco, MP e polícia trabalhassem desta forma em todos os caso com certeza teriamos a solução para outros casos, vide o caso do engenheiro que está desaparecido.

  4. MULHER CASADA CHEIRA PÓLVORA QUEIMADA.

  5. Esta estranha esta Historia,não divulga quem matou, esta estranho!!!

  6. Coitada da mulher do jornalista mobilizou toda a sociedade paranaense atrás do jornalista desaparecido….PROCUROU, ACHOU!!! BEM FEITO!!!

    • Marcos, calma nessa hora. A preocupação da esposa era pertinente; o foco é que foi errado, mas “BEM FEITO” é um pouco de exagero, não achas?