Gustavo Fruet quer dados da planilha do transporte coletivo

por Martha Feldens, via Metro Curitiba

O prefeito eleito Gustavo Fruet (PDT) disse ontem que espera da atual gestão da prefeitura total transparência! nas informações sobre gastos públicos e contratos em vigor na administração direta e também nos dados da Urbs relativos à  tarifa do transporte público em Curitiba.

Fruet já indicou quatro nomes para compor a equipe de transição, que vai buscar estas informações com a atual gestão.

Além de Fábio Scatolin, que deve coordenar a equipe, estão indicados por Fruet também Gina Paladino e a ex-secretária de Educação da Prefeitura, Eleonora Fruet.

Ele também quer a participação de um procurador do município. Do lado da Prefeitura, os nomes da transição ainda não foram indicados.

O novo prefeito já elegeu a área que irá atacar em primeiro lugar ao assumir. Nos primeiros 100 dias, ele promete melhorar sensivelmente o transporte coletivo. Já na campanha ele prometia colocar mais ônibus em horários de pico nas linhas com maior lotação.

No primeiro ano, disse o prefeito eleito, além do transporte, sua gestão irá priorizar a saúde pública, tema que mereceu grande destaque na campanha por causa das dificuldades no atendimento, e a segurança.

Precisamos definir melhor nossa participação nas UPS (Unidades Paraná Seguro)!, disse Fruet ao Metro.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. FALAR E FACIL QUERO VER SE ELE VAI TER PEITO PRA ISSO.

  2. gustavo temos que saber o quem tem no caixa da urbs.nunca deixar os jornalões esconder.faca uma auditoria geral no municipio de curitiba ,para ninguem empurar daqui alguns tempos, que os desvios são seus gustavo,isso foi o que fizeram contra o barbosa netto, em londrina. pega uma prefeitura com as contas em dias ,não perdoe se ouver coisas erradas,porque eles não perdoariam ,então voce não deve perdoar corrupção, se for encontrado…

  3. com esta atitude do gustavo fruet, agora e so esperar que o beto richa repasse o subsidio para que a passagem continue a r$2,60, pois se abrir a caixa preta da urbs,/planilha/e outras coisas/ talvez nem precise deste subsidio, e ainda a passagem seja possivel sofrer queda,pois uma casa bem administrada chega no fim do mes com sobra no orcamento, mas uma casa ma administrada sempre vai faltar, entenderam a comparacao…….

  4. Essa máfia é braba, nada justifica a eterna falta de Ônibus nos horários de pico, utilizar motoristas fazendo função dupla fazendo também o papel de cobradores (que conforme as leis trabalhistas é ilegal), colocar ônibus menores entre outras sacanagens dos “pobrezinhos” empresários do transporte coletivo.

  5. TERCEIRIZAÇÃO…

    Não tem o porque de temer se esta tudo certo, agora se houver irregularidade tem que processar.

    E não é só no transporte coletivo, tem as locações de automóveis pela pmc, na área de limpeza publica a remoção de entulhos, coleta do lixo eu só vejo plaquinhas A SERVIÇO DA PREFEITURA, os servidores contratados através de concursos públicos para executar vários serviços foram substituídos por estas terceirizações na pmc a peso de OURO, e o pior ninguém fiscaliza dando a entender que muitos políticos eleitos estão beneficiando seus financiadores de campanha.

    Bom o prefeito eleito quando se trata de desvio de conduta(ROUBALHEIRA) vcs já sabem…a tigrada que se cuide.

  6. a questão da planilha é o que entra nela todo mês.

    exemplo: segundo informações todo mês esta lá o tal do uniforme de Motoristas e Cobradores, e no entanto, só recebem estes uniformes uma vez por ano.
    então quer dizer que esta tudo errado mesmo, se realmente for realizado um levantamento com responsabilidade e sem rabo preso com nenhum empresário do setor, arrisco a dizer que esta tarifa pode abaixar e não precisa ter reajuste para maior.

    vamos esperar para ver e confirmar estas informações.

  7. Ele não pode querer, ele tem é que exigir, arrebentar a gaveta e tirar de lá os dados e se alguém tentar evitar, metê-lo na cadeia…

    Essa é a atitude de quem tem peito…