Governador Beto Richa anuncia cortes de 20% nas despesas

“O estado está sendo mal gerenciado!, critica petista

Luciana Rafagnin (PT).

O governador Beto Richa (PSDB) determinou, por meio de decreto, assinado no último dia 19, corte de 20% nas despesas da administração estadual com pessoal e encargos, materiais de consumo, serviços de terceiros e manutenção.

A líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa, deputado Luciana Rafagnin, criticou a medida do tucano. Segundo ela, o corte que visa reduzir despesas vai acarretar impactos à  prestação de serviços públicos essenciais.

Acredito ser importante economizar nas repartições públicas, assim como cuidamos dos gastos em nossa casa, mas cortes em abastecimento de água e energia elétrica afetam diretamente os serviços nos postos de saúde!, disse Luciana.

Entre estas despesas de manutenção, serão afetadas pelos cortes consumo de água, energia elétrica, telefonia, combustíveis, material de consumo, de escritório, de limpeza, peças e acessórios de veículos, além de diárias e passagens, serviços de terceiros, manutenção de bens móveis e imóveis de uso administrativo e horas extras.

Do mesmo modo, cortes nas despesas com combustíveis e manutenção de veículos atingem os serviços prestados pela polícia, em um estado onde os índices de violência são altíssimos, e também as ambulâncias!, argumentou.

A deputada resumiu que se o governo não conseguir economizar em despesas que não afetem serviços essenciais à  população é porque o estado está sendo mal gerenciado!, completou a líder petista.

Comentários encerrados.