Em nota oficial, PT diz que Ratinho Junior “resolveu virar vilão”

Roseli Isidoro.

A presidenta do PT de Curitiba, Roseli Isidoro, divulgou uma nota oficial criticando os comerciais de Ratinho Junior, no rádio e na televisão, que “atolam” no partido. Segundo a dirigente petista, o candidato do PSC tem “duas caras” e que “resolveu virar vilão”.

Roseli Isidoro desmentiu boatos de que o partido estaria estudando medidas disciplinares contra filiados que atuam na campanha de Ratinho.

“Não faremos nada disso, pois eles não são dirigentes do PT, são apenas filiados e profissionais que atuam em suas áreas específicas”, disse, referindo-se ao advogado Guilherme Gonçalves e ao publicitário Maurício Ramos, coordenador jurídico e marqueteiro de Ratinho, respectivamente.

A presidenta do PT adiantou que somente depois das eleições a agremiação conversará com esses filiados. “Esses filiados nos disseram que foram contra os comerciais anti-PT”, explica.

A seguir, leia a íntegra da nota oficial do PT:

“Ratinho Júnior (PSC) passou o primeiro turno dizendo que tinha apoio da maioria dos filiados do PT, que ficaria orgulhoso de receber apoio do partido, que é da base de apoio ao governo da Presidenta Dilma e que é amigo do Lula. Surpreendido com a passagem de Gustavo Fruet (PDT) para o segundo turno, mudou totalmente o discurso e, agora, é anti-PT.

Curitiba quer um prefeito capaz de administrar para todos e que tenha só uma cara. Esse comportamento vai prejudicar o próprio candidato Ratinho, que tentou emplacar imagem de bom moço e que, agora, resolveu virar vilão”.

Roseli Isidoro

Presidenta do PT de Curitiba

Comentários encerrados.