“Curitiba não precisa do Batman na Segurança”, diz Fruet; ouça

Francischini, o Batman, segundo Fruet.
O candidato a prefeito de Curitiba pelo PDT, Gustavo Fruet, em entrevista ao repórter Alvaro Borba, na rádio CBN, disse nesta tarde (23) que a cidade não precisa do Batman para resolver o problema na segurança.

“Não se resolve o questão da segurança com bravata. Curitiba não precisa do Batman. Não existe Batman. Tem gente que está prometendo o Batman para a cidade. O que Curitiba precisa é liderar o processo principalmente na prevenção e é isso que eu estou me propondo. Eu já disse que eu não sou candidato a xerife. Eu sou candidato a liderar esse processo”, disse Fruet, ironizando a escolha do deputado Fernando Francischini (PEN), pelo adversário Ratinho Junior (PSC), para ocupar a supersecretaria de Segurança, caso seja eleito.

O blog ouviu Francischini sobre a entrevista de Fruet. Segundo o deputado, também em tom irônico, o Gustavo já negociou seis secretarias para o PT!. Por isso, calcula o Batman de Ratinho!, ele [o pedetista] não pôde entregar as três secretarias que eu pedi para apoiá-lo!.

Francischini ainda arriscou os nomes de petistas para a equipe de Fruet: “Professora Josete (Educação), Dr. Rosinha (Saúde), Roseli Isidoro (Recursos Humanos), Messias da Silva (Trabalho), Jonny Stica (Cultura) e Zeno Menuzo (Planejamento)”.

Outro membro da campanha de Ratinho também arriscou um palpite de nome de Fruet para a Segurança: “o vereador Paulo Salamuni (PV) apoiado por seu incrível exército de escoteiros”.

A campanha de Gustavo Fruet nega qualquer negociação prévia de cargos antes da eleição.

Ouça um trecho da entrevista de Fruet:
[audio:http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2012/10/fruet_batmann.mp3]
Clique aqui para fazer o download do áudio.

Comments are closed.