Bruno Meirinho, do PSOL, diz que brilhou na Parada Gay

Meirinho na Parada Gay.
O candidato do PSOL à  prefeitura de Curitiba, o socialista light Bruno Meirinho, disse que ele e os candidatos a vereador da Frente de Esquerda (PSOL e PCB) brilharam ontem na Parada Gay – a Parada da Diversidade.

Segundo Meirinho, em meio a milhares de pessoas que queriam e querem ver a cidade livre de opressões, lá estavam eles, firmes e fortes na luta contra o preconceito e as opressões.

O candidato do PSOL disputa a preferência do eleitorado gay com Ratinho Junior, do PSC, que adotou na campanha cores que lembram o movimento LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).

Bruno Meirinho jura que foi o único candidato à  prefeitura presente no evento, entre os cinco que pertencem a partidos com representação na Câmara Federal.

Bruno Meirinho e Sueli Fernandes, assim como os candidatos do PSOL à  Câmara Municipal, afirmam que têm compromisso histórico com as lutas da comunidade GLBT !“ Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais.

“Já o prefeito de Curitiba tem se esquivado da responsabilidade de criar políticas públicas para combater o preconceito e as opressões na cidade”, cutuca o candidato do PSOL.

A Frente de Esquerda propõe a criação de Políticas Educacionais nas escolas municipais que combatam a homofobia. Outra proposta da coligação é a capacitação dos servidores da rede de saúde municipal para atuar na saúde dos Transexuais, já que estes permanecem excluídos de qualquer estatística de saúde, sem qualquer cuidado especial.

Comments are closed.