Por Esmael Morais

Até agora, PT se diz satisfeito com o resultado das eleições no Paraná

O diretório estadual do PT no Paraná realizou uma reunião, na manhã desta terça (9), com a presença de deputados federais e estaduais, membros da executiva estadual, além de prefeitos e vereadores petistas eleitos para avaliar o desempenho do partido nas eleições municipais e discutir as estratégias de campanha para o segundo turno. O PT tem candidatos em Maringá, Ponta Grossa e Cascavel e está na coligação com o PDT em Curitiba. Participaram da reunião o presidente do PT Paraná, deputado estadual Enio Verri, os deputados federais André Vargas e Angelo Vanhoni, os deputados estaduais Luciana

Publicado em 09/10/2012

O coordenador do GTE, Florisvaldo Souza, realizou uma breve análise de conjuntura e apresentou os dados do Partido dos Trabalhadores nas eleições. Segundo ele, o PT esteve presente em 92% dos municípios paranaenses com candidaturas a prefeito, vice e vereadores, além do apoio nas coligações. O balanço do GTE mostrou o crescimento no número de administrações petistas, foram eleitos 40 prefeitos, 48 vices, sendo oito com chapa pura, cerca de 350 vereadores e 140 municípios apoiados pelo PT.

O PT está próximo de alcançar mais um dos objetivos traçados pelo GTE, eleger prefeitos em três grandes cidades. O papel estratégico das cidades disputadas pelo PT no segundo turno foi amplamente debatido, além da discussão a respeito do engajamento e articulação de lideranças regionais e militância para disponibilizar toda a energia possível para as campanhas.

O presidente estadual do PT, Enio Verri, que vai disputar o segundo turno em Maringá, elogiou o desempenho do partido no estado, o PT Paraná deu um grande salto de qualidade!. Ele afirmou que a taxa de sucesso das metas do diretório ultrapassou 80% e a população que será administrada pelo PT também aumentou.

André Vargas, secretário nacional de Comunicação do PT e um dos articuladores da reunião, fez uma avaliação positiva e destacou o crescimento das administrações petistas que ocorre não só no Paraná, mas em todo o país. Vargas também destacou a importância das conquistas das alianças realizadas pelo PT pois, segundo o deputado, a base aliada da presidenta Dilma também cresce. Ele exemplificou importantes alianças com o PMDB em Araucária e Francisco Beltrão e com o PR em Campo Mourão e Pitanga.

André Vargas e os candidatos do PT que disputam o segundo turno, Enio Verri (Maringá), Professor Lemos (Cascavel) e Péricles de Mello (Ponta Grossa), seguem para São Paulo para uma reunião do PT Nacional que vai reunir os 22 cabeças de chapa do PT que disputam o segundo turno e depois para Brasília, onde irão se reunir com a minsitra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann e o ministro das Comunicações Paulo Bernardo.