1 de outubro de 2012
por esmael
9 Comentários

TRE libera jornal de Fruet que questiona evolução patrimonial de Ducci

Fac-símile da decisão. Clique na imagem para ampliar.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu nesta segunda-feira (1!º) cassar uma liminar, concedida no último sábado (29), que proibia a distribuição de jornal da coligação de Gustavo Fruet (PDT) questionando a evolução do patrimônio do prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato à  reeleição. Leia mais

1 de outubro de 2012
por esmael
11 Comentários

Greca chama iBeto, DataBeto, DataPicler e DataRatinho de prostitutos de pesquisa!

O candidato do PMDB à  prefeitura de Curitiba, Rafael Greca, convocou a população para desmoralizar os institutos de pesquisa eleitoral. Com um tom ácido de retórica, destacou Greca, em sua página oficial, no Facebook:

Desmoralize os PROSTITUTOS DE PESQUISA. Vamos torpedear o Ducci! à‰ 15 no Segundo Turno! Quem concorda, compartilha!, convocou a militância virtual nas redes sociais.

Nesta semana, ao menos quatro novas pesquisas sobre a disputa na capital estão registradas no site do TSE. São elas: Datafolha (DataBeto), Ibope (iBeto), Datacenso (DataRatinho) e IRG (DataPicler).

Durante toda a campanha, Greca encampou uma verdadeira batalha contra o que ele classifica de “falsas pesquisas eleitorais e a manipulação das entrevistas feitas com os eleitores”.

As principais pesquisas serão as urnas, quando os resultados serão verdadeiros e representarão, de fato, a vontade da população. Nós estaremos no segundo turno!, salientou Greca.

1 de outubro de 2012
por esmael
16 Comentários

“Mudar agora é voltar à  estaca zero”, prega Luciano Ducci

* Ducci promete integrar terminais de ônibus a metrô

Se reeleito, o prefeito Luciano Ducci (PSB) promete construir a primeira linha de metrô de Curitiba interligada a quatro terminais de ônibus da cidade. Segundo ele, a futura Linha Azul !“ que ligará a CIC-Sul ao Centro !“ vai estar interligada aos terminais Pinheirinho, Capão Raso, Portão e o no futuro terminal Central, ao lado da Praça Eufrásio Correia.

O nosso metrô, considerado modelo pelo governo federal, foi planejado para ser mais um modal no sistema de transporte público, sem que isto onere o bolso dos trabalhadores e das famílias curitibanas!, disse Ducci. O metrô de Curitiba irá atender por dia 400 mil passageiros.

O prefeito explica que a interligação entre metrô e ônibus permitirá, por exemplo, que o passageiro saia da CIC, desça na estação do terminal do Portão e embarque num ônibus pagando apenas uma passagem. Ele garante que a passagem de metrô terá o mesmo valor da tarifa cobrada no ônibus.

O nosso projeto de metrô é o único viável, que tem recursos garantidos do governo federal e do governo estadual. Mudar agora é voltar à  estaca zero e perder o dinheiro, que levou três anos de articulação para ser conseguido!, disse o prefeito.

Ainda sobre o futuro do transporte coletivo na capital, Ducci diz que a Linha Azul do metrô terá 14,2 quilômetros. Nesse trecho, afirma, serão 13 estações desde a CIC-Sul, próximo à  Rua Nicola Pelanda, até a Rua das Flores, no Centro. Ele revela que o investimento nessa etapa do Metrô Curitibano será cerca de R$ 2,3 bilhões.

A licitação para o começo das obras depende apenas de um documento que será assinado em breve pele presidente Dilma!, disse Luciano Ducci.

O prefeito conta que os primeiros 2,2 quilômetros da Linha Azul serão percorridos em superfície. O pátio ficará na Linha Verde, próxima a Rua Nicola Pelanda e a primeira estação será a CIC-Sul. Depois, o metrô segue pela Rua Winston Churchill, onde passa pela Estação Terminal Pinherinho, Estação Santa Regina, Estação Terminal Capão Raso e Estação Hospital do Trabalhador.

Na Rua República Argentina, o metrô vai passar pela Est

1 de outubro de 2012
por esmael
1 Comentário

Bruno Meirinho, do PSOL, diz que brilhou na Parada Gay

O candidato do PSOL à  prefeitura de Curitiba, o socialista light Bruno Meirinho, disse que ele e os candidatos a vereador da Frente de Esquerda (PSOL e PCB) brilharam ontem na Parada Gay – a Parada da Diversidade.

Segundo Meirinho, em meio a milhares de pessoas que queriam e querem ver a cidade livre de opressões, lá estavam eles, firmes e fortes na luta contra o preconceito e as opressões.

O candidato do PSOL disputa a preferência do eleitorado gay com Ratinho Junior, do PSC, que adotou na campanha cores que lembram o movimento LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais).

Bruno Meirinho jura que foi o único candidato à  prefeitura presente no evento, entre os cinco que pertencem a partidos com representação na Câmara Federal.

Bruno Meirinho e Sueli Fernandes, assim como os candidatos do PSOL à  Câmara Municipal, afirmam que têm compromisso histórico com as lutas da comunidade GLBT !“ Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transexuais.

“Já o prefeito de Curitiba tem se esquivado da responsabilidade de criar políticas públicas para combater o preconceito e as opressões na cidade”, cutuca o candidato do PSOL.

A Frente de Esquerda propõe a criação de Políticas Educacionais nas escolas municipais que combatam a homofobia. Outra proposta da coligação é a capacitação dos servidores da rede de saúde municipal para atuar na saúde dos Transexuais, já que estes permanecem excluídos de qualquer estatística de saúde, sem qualquer cuidado e

1 de outubro de 2012
por esmael
17 Comentários

Decifrando Ratinho Júnior

por André Gonçalves, via blog Conexão Brasília

à€s vésperas da campanha deste ano, o diretor do instituto Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, fez uma previsão enigmática do que viria pela frente. Preste atenção: a Curitiba do Jaime Lerner não existe mais!, dizia ele. Em outras palavras, queria explicar que o perfil médio do eleitor mudou tanto que os velhos fundamentos políticos da cidade se deterioraram.

A nova massa de votantes vê o papo sobre canaletas exclusivas para ônibus, Jardim Botânico e Rua 24 horas como algo perdido no século passado. Eles são filhos de uma outra! Curitiba, jovem, com perspectiva de ascensão social. Gente de bairros periféricos (CIC, Butiatuvinha, Sítio Certado, Tatuquara…) que simplesmente não tem qualquer vínculo com as regiões mais nobres da cidade.

São pessoas que migraram para a capital para subir na vida – o que faz todo sentido. Segundo o estudo Os emergentes de Curitiba!, assinado pelo ex-chefe do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas e atual presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Marcelo Neri, a pobreza na cidade caiu 53,4%, entre 2004 e 2009. Já a renda per capita média subiu 47% (de R$ 819,38 para R$ 1.203,62), entre 2003 e 2009, bem acima da média nacional de 32%.

Essa fatia da população tem outros tipos de demandas, outras formas de encarar a política. Já não se projeta mais à  sombra de sobrenomes famosos, de gente bonita e rica que supostamente nasceu para governar. Os emergentes têm demonstrado que querem votar em alguém igual a eles, que entenda seus problemas.

Eis que aparece Ratinho Júnior (PSC) e sua campanha colorida das novas ideias. A imagem dele na propaganda política é daquele meninão boa praça do bairro que sempre dá uma força na obra do vizinho, dança com as velhinhas e que junta as mesas depois da festa de aniversário de criança. Sem contar que é bom cristão, como atesta o apoio do pastor Silas Malafaia.

Um sujeito simples, com os trejeitos do pai apresentador de televisão, e cheio de propostas práticas. A síntese de todas elas: dar uniforme e tênis para os alunos da rede pública municipal.

Enquanto isso, os principais rivais dele praticam o jogo de sempre. Luciano Ducci (PSB) se pendura em Beto Richa (PSDB), que por usa vez seguiu a trilha do pai governador. Gustavo Fruet (PDT) também fala do pai prefeito e dos tempos de liderança estudantil no Centro Acadêmico Hugo Simas.

Inegavelmente, é mais fácil entender a língua de Ratinho Júnior. No fundo, a lógica é inversa: foi ele quem decifrou a melhor maneira de se fazer ser entendido pelos emergentes. Inventou isso com uma matemática própria, de que a prefeitura tem dinheiro sobrando para as novas ideias! (será que tem mesmo?) – e ponto final.

Ratinho Júnior está errado? Depende do ponto de vista. O fato é que os outros não captaram como deveriam as mudanças de Curitiba. Agora correm o risco de soar falsos ao querer dividir ter

1 de outubro de 2012
por esmael
7 Comentários

Ministério Público Federal também pede a cassação de Beti Pavin em Colombo

* Ministro Marco Aurélio, do TSE, já havia cassado a tucana

Fac-símile do parecer de Sandra Cureau. Clique na imagem para ampliar.

A Vice-Procuradora Geral Eleitoral, Sandra Cureau, do Ministério Público Federal, na última quinta-feira (27), voltou a recomendar a cassação do registro da tucana Beti Pavin por irregularidade grave e insanável, que caracteriza ato doloso de improbidade administrativa!. Leia mais

1 de outubro de 2012
por esmael
11 Comentários

Em Curitiba, RIC e RPC realizam debates “para inglês ver”

Último debate na Rede CNT. Foto: Hugo Harada/Gazeta do Povo.

Dois debates entre os cinco candidatos a prefeito de Curitiba, cujos partidos têm representação no Congresso Nacional, devem acirrar a busca pelos votos dos indecisos na reta final da campanha. Nesta segunda-feira (1!º), à s 23h15, a RIC TV (Record, canal 7 na tevê aberta) realiza o penúltimo confronto entre Luciano Ducci (PSB), Ratinho Junior (PSC), Gustavo Fruet (PDT), Rafael Greca (PMDB) e Bruno Meirinho (PSOL). Leia mais

1 de outubro de 2012
por esmael
5 Comentários

Morre aos 95 anos em Londres o historiador Eric Hobsbawm

Do G1, com agências internacionais

O historiador britânico Eric Hobsbawm morreu nesta segunda-feira (1!º) aos 95 anos no hospital Royal Free de Londres, informou sua família. Ele sofria de pneumonia.

O intelectual marxista é considerado um dos maiores historiadores do século XX e escreveu “A era das revoluções”, “A era do capital”, “A era dos impérios”, “Era dos extremos”, entre outras obras. Ele também era um entusiasta e crítico do jazz, escrevendo resenhas para jornais sobre o gênero musical e publicando o livro “História social do jazz”.

Sua filha, Julia Hobsbawm, disse que “Ele morreu de pneumonia nas primeiras horas da manhã em Londres”. “Ele fará falta não apenas para sua esposa há 50 anos, Marlene, e seus três filhos, sete netos e um bisneto, mas também por seus milhares de leitores e estudantes ao redor do mundo”, disse.

“Até o fim, ele estava se esforçando ao máximo, ele estava se atualizando, havia uma pilha de jornais em sua cama”, completou a filha.

Na manhã desta segunda-feira, Julia escreveu em seu perfil no Twitter que se sentia “comovida” pela “gentileza e pelas condolências de amigos e desconhecidos hoje pelo meu amável e incomparável pai” (leia o tuíte, em inglês).

Trajetória

Eric John Ernest Hobsbawm nasceu de uma família judia em Alexandria, Egito, em 9 de junho de 1917. Seu pai era britânico, descendente de artesãos da Polônia e Rússia, e a família de sua mãe era da classe média austríaca.

Hobsbawn cresceu em Viena, àustria, e em Berlim, Alemanha.

Ele aderiu ao Partido Comunista aos 14 anos, após a morte precoce de seus pais. Na ocasião, ele foi morar com seu tio. Na escola, ele informou o diretor que ele era comunista e argumentou que o país precisava de uma revolução.

“Ele me fez umas perguntas e disse ‘Você claramente não faz ideia do que está falando. Faça o favor de ir à  biblioteca e veja o que consegue descobrir'”, disse em uma entrevista à  BBC em 2012. “E então eu descobri o Manifesto Comunista [de Karl Marx] e foi isso”, relatou, indicando o começo de sua f

1 de outubro de 2012
por esmael
13 Comentários

Por que me rejeitas, gajo?

O primeiro pelotão na disputa pela prefeitura (Ducci, Fruet, Ratinho e Greca).

Na reta final destas eleições dois fatos chamam a atenção e causam preocupação nas coordenações das campanhas em Curitiba: 1) o alto índice de rejeição de candidatos e 2) o grande número de indecisos. Leia mais

1 de outubro de 2012
por esmael
Comentários desativados em Leia as manchetes desta segunda

Leia as manchetes desta segunda

Jornais do Paraná

– Gazeta do Povo: Fundo de segurança do PR usa 7% do previsto

– Jornal do Estado: Eleição para prefeito entra na semana do tudo ou nada Leia mais