Segundo Ibope, 77% aprovam jeito de Dilma governar

Aprovação do governo Dilma sobe para 62%

via Terra

O governo da presidente Dilma Rousseff obteve aprovação de 62% da população, segundo pequisa Ibope de 2012 – índice maior do que o registrado em junho, de 59%.O levantamento, realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em parceria com o instituto Ibope, foi divulgado nesta quarta-feira. O número de cidadãos que confiam na presidente foi de 73%. O resultado é 1 ponto percentual maior do que em relação à  última pesquisa, que apontava 72% de confiança.

A pesquisa foi realizada com 2002 pessoas de 143 cidades brasileiras entre 17 e 21 de setembro. O período compreende o julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), processo sobre o maior escândalo político do antecessor e mentor político de Dilma, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A Corte está debruçada sobre o tema desde o dia 2 de agosto e agora analisa o chamado núcleo político, que inclui políticos importantes, como o ex-ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu.

Segundo a pesquisa, as notícias mais lembradas pela população durante a pesquisa foi o julgamento do mensalão (citado por 16% dos entrevistados) e o anúncio de redução das tarifas de energia elétrica, com 11% de citação. A aprovação na maneira de governar da presidente se manteve estável, com 77%, mesmo registro das pesquisas divulgadas em março e em junho.

Como contraponto, no segundo semestre, a presidente vem ampliando a chamada agenda positiva na qual lançou programas de desoneração. O último foi o anúncio do barateamento da conta de luz a partir de 2013, por meio de desoneração. A promessa do governo é reduzir o preço pago pela energia em 16% para o consumidor particular e 28% para o setor produtivo. Os percentuais foram anunciados pela própria presidente em pronunciamento em cadeia de rádio e televisão.

As áreas de atuação do governo que mais aprovaram a população foram o cobate à  fome e a pobreza (60%), o combate ao desemprego (57%) e também as políticas de meio ambiente (54%). Por outro lado, saúde, impostos e segurança pública encabeçam a lista de maior desaprovação com 65%, 57% e 57% respectivamente. Para 57% dos entrevistados, o governo Dilma está sendo igual ao governo Lula.

A pesquisa CNI/Ibope é feita por amostragem, tem margem de erro de dois pontos percentuais e confiabilidade de 95%.

Comentários encerrados.