Rafael Greca na Vila Pinto

* Peemedebista ouve reivindicações da comunidade e reencontra recicladores ambientais

Greca cumprimenta dona Maria Das Dores, que recebeu o primeiro carrinho para coleta de lixo na Vila Pinto. Foto: Renata Freitas.
Na tarde do feriado de Independência, dia 7, o candidato à  prefeitura de Curitiba pelo PMDB, Rafael Greca, visitou a Vila das Torres, antiga Vila Pinto, onde conversou com os moradores sobre a atual situação do bairro.

Na Vila, situada no coração (centro) da capital paranaense, Greca ouviu diversos relatos dos moradores sobre a omissão de lideranças políticas quanto à s demandas do bairro. Essas mesmas lideranças, confidenciaram os moradores à  Greca,

realizam poucas obras na região apenas para atender a Copa do Mundo, empurrando os pobres que acabam ficando encurralados e escondidos!.

Disse Greca sobre esta questão: Eu fiz uma ponte e respeitei a rua. Esta é a diferença entre um urbanista, e um sujeito que não entende de urbanização!.

O candidato peemedebista disse ainda surpreender-se de forma negativa ao deparar-se com o assoreamento e o lixo depositado à s margens do rio Belém, que corta a Vila das Torres.

à‰ por isso que quero voltar a ser prefeito, para cuidar do rio com a cabeça e o coração!!, afirmou Greca,

Durante a vista, ao observar as casas entregues à  comunidade quando foi prefeito de Curitiba, entre 1993 e 1996, Greca demonstrou muita emoção.

Tirei a favela de cima do rio, construímos e entregamos as casas aos moradores!, relatou Greca, responsável pelo processo de urbanização e regularização da Vila das Torres, antiga Vila Pinto.

Encontro com recicladores

Ainda na Vila das Torres, o candidato reencontrou vários recicladores ambientais, que recebem os carrinhos de coleta de lixo deles durante a gestão de Greca à  frente da Prefeitura de Curitiba.

Esse é o caso de Maria Das Dores Silva, que mora há trinta e cinco anos no local. Ela recebeu o primeiro carrinho para coleta de material reciclável repassado por Greca, naquela ocasião.

Criei todos os meus filhos com o trabalho de reciclagem!, conta dona Maria. Aos setenta e três anos, a primeira recicladora a receber o carrinho, ficou entusiasmada ao rever Greca. Você foi a única pessoa que nos deu apoio!, afirma.

Na Vila de Ofícios, criada por Rafael Greca, na Vila Torres, em uma curva do Rio Belém, o candidato ressaltou que a cidade precisa respeitar mais os seus rios.

Como fiz aqui quando retirei as famílias de cima do rio. à‰ um trabalho que deve ser feito permanente!, afirmou.

Mas hoje a realidade é diferente, os lixos se acumulam na margem do rio, constatou Greca.

Tínhamos que ter um terreno para armazenar o lixo. Eu não gosto do lixo à  beira do rio. Prefeito existe também para recolher o lixo!, afirma o candidato.

Comments are closed.