Prefeito de Londrina diz que recebeu propina de boa fé! e que fica no cargo

por Amanda de Santa, via Jornal de Londrina

José Joaquim Martins Ribeiro (PSC).

Em meio a pressão de entidades como a Acil e OAB, e de movimentos populares que pedem renúncia imediata, o prefeito José Joaquim Ribeiro, que confessou ao Gaeco ter recebido R$ 150 mil de empresários que venceram a licitação dos uniformes escolares em Londrina, concedeu uma série de entrevistas individuais a diversos veículos de comunicação nesta terça-feira (11). à€ Rádio CBN, ele afirmou que não entendeu o recebimento do dinheiro como um problema. Sou uma pessoa de boa fé, não vivo achando que todo mundo é malandro.!

Além disso, Ribeiro comentou que, mesmo pressionado por entidades, pela Câmara Municipal de Londrina e por movimentos populares, vai permanecer no cargo. Não sou corrupto. Vim à  Prefeitura para trabalhar.! Ele pediu o apoio da população e entidades e disse que o momento deveria ser de união. Ribeiro afirmou ainda que se sente muito triste e constrangido com toda a situação.

Durante a entrevista, ele confirmou o recebimento da propina, mas ressaltou que foi apenas mensageiro! dela. Todo o dinheiro foi, segundo ele, entregue ao prefeito cassado Barbosa Neto (PDT). Ele negou que tenha ficado com R$ 50 mil do total. Os R$ 150 mil recebidos, na versão do prefeito, teriam sido oferecidos pelos empresários para quitar dívidas de campanha.

O prefeito informou que não participou da licitação dos uniformes escolares, alvo de investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), e que não conhecia os empresários que venceram o processo.

Prefeito diz que vai enfrentar processo de cassação

Em entrevista à  RPC TV, Ribeiro disse que uma nova troca de prefeito neste momento seria mais prejudicial para a cidade de Londrina e que pretende enfrentar um possível processo de cassação pela Câmara de Vereadores. à‰ um governo de 110 dias, por tudo o que já aconteceu em Londrina, porque estamos dando conta dos serviços, a prefeitura está funcionando normalmente!, justificou o prefeito, pela sua permanência no cargo.

O pedido de abertura de uma Comissão Processante (CP) foi protocolado pelo vereador Joel Garcia (PP), já tem parecer jurídico da Casa e pode ser aprovado na sessão desta terça-feira (11). Se aberta, a CP tem até 90 dias para concluir se Ribeiro deve ser cassado ou não.

Secretários vão permanecer nos cargos, diz prefeito

José Joaquim Ribeiro disse que se reuniu com secretários na noite de segunda (10), explicou toda a situação e que “por amor à  cidade, eles continuam nos cargos.”

14 foram indiciados por irregularidades na licitação dos uniformes

Quatorze pessoas, entre elas o prefeito José Joaquim Ribeiro (PSC) e o ex-prefeito Barbosa Neto (PDT) foram indiciadas por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, peculato (corrupção no caso dos agentes públicos) e corrupção ativa [no caso dos empresários] na investigação sobre supostas irregularidades na compra dos kits escolares pela Prefeitura de Londrina. O inquérito inclui fatos ocorridos em 2010 e 2011, quando foi usada a modalidade carona! com relação à  licitação da Prefeitura de São Bernardo do Campo (SP) e em 2012, quando seria feita uma licitação, que foi suspensa pelo Judiciário.

Os representantes das empresas que venceram a licitação disseram ter pagado R$ 270 mil de propina, dos quais Ribeiro admitiu, em depoimento prestado na última segunda-feira, ter pegado R$ 150 mil. Segundo os depoimentos prestados pela ex-secretária da Educação, Karin Sabec, a propina seria de 17% do valor dos contratos !“ ela declarou ter ouvido do gerente financeiro da Kriswil, José Lemes, que seriam 12% para o prefeito e 5% para o secretário da Educação, mas Karin Sabec nega ter recebido.

De acordo com o promotor de Patrimônio Público, Renato Lima Castro, Ribeiro disse que a propina veio da G8 e a primeira parcela, de R$ 50 mil, foi repassada ao ex-prefeito Barbosa Neto (PDT). As outras duas remessas, no valor de R$ 100 mil, foram divididas entre atual prefeito e o ex-secretário da Fazenda, Lindomar Santos.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. este tal de prefeito josé ribeiro, tem a cara de ze mesmo, quando é que vai pegar o bone e sair correndo, já deu o que tinha de dar.

    RÉU CONFESO, CADEIA NÊLE, A POPULAÇÃO DE LONDRINA QUER UM BASTA..

  2. Ah, esse partido do Ratinho tem cada Ratão!
    Boa fé?
    Ora, conta outra!

  3. Esse bolha nao consegue provar nada contra o Barbosa Neto. Ele e o GAECO montaram a tal “confissão” quando o cara já estava denunciado no Tribunal de Justiça onde tem foro privilegiado. Contem outra seus calhordas!!!

  4. Eu venho de uma cidade portuária, na minha mocidade frequentei muito a zona, e lá nos sábados muitos senhores como esse acima – casados/probos/homens de ‘bem’ e muito mais de BENZ – também frequentavam.

    Na missa das 10:00horas lá estavam eles sentados nos primeiros bancos da matriz onde tinha o nome da família, com a sua esposa, filhos…e ainda comungavam, resumindo a noite comiam N.S. e pela manhã pediam perdão ao seu filho.

    Hipocritas…..tá cheio deles, pelo menos no meu tempo eles eram mais discretos.

  5. Boa Fé? VTNC…

  6. Propina de “boa fé” malandro?
    Quer me enganar me dá doce!
    Malandro, isso está que nem baton na cueca, é difícil explicar.
    Daqui a pouco você vai dizer que era para as “obras sociais da paróquia”.

  7. Ribeiro foi mau gestor como “prefeito relâmpago”

    O ex-prefeito Barbosa Neto (PDT) negou com veemência que tenha recebido dinheiro das mãos do prefeito José Joaquim Ribeiro (PSC) ou de qualquer outro personagem ou esquema fraudulento envolvendo a administração municipal de Londrina. “Como réu confesso o senhor Ribeiro não tem autoridade moral nem condições para sustentar o que está dizendo, ele certamente negociou com essa absurda acusação a sua estabilidade no cargo. Se eu cometi algum erro foi quando me licenciei (sem remuneração) da Prefeitura em 2010 e ele assumiu para emporcalhar as mãos na sujeira que agora é descoberta, não tenho nada com isto e nada me compromete”, afirmou Barbosa, informando que o atual prefeito londrinense deverá responder criminalmente pelo que está dizendo porque não tem nenhum fundamento.

    Assessoria Barbosa Neto 12 Londrina

    http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1–1373-20120911

    A CALÚNIA DE RIBEIRO CONTRA BARBOSA: “Naquele momento, eu não tive a clara visão do que era o problema. Sabia que existiam dívidas de campanha, e fui o mensageiro. Recebi para pagar essas dívidas de campanha e entreguei o dinheiro ao Barbosa (Neto, ex-prefeito cassado)”.

  8. Propina de boa fé ? Isso é uma piada ? Esse cara quer que os eleitores façam papel de palhaços ?

  9. Nova modalidade de corrupção, tipo “boa-fé”. Se eu roubar alguém, de boa-fé, pode????? kkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!! O tipo do “migué” do tiozinho….