Outra vez, Greca chora na tevê

O candidato do PMDB à  prefeitura de Curitiba, Rafael Greca, anda bastante sensível nestas eleições. Pela segunda vez, no horário eleitoral, o peemedebista foi à s lágrimas. Hoje à  tarde, ele se emocionou ao falar dos jovens que frequentam a Praça da Estação e as marquises da Rua XV.

A primeira vez que Greca chorou diante da tela foi no final de agosto, durante visita ao bairro Tatuquara. Eles me matam, eu vou morrer até a eleição!, disse Greca, na época, com a voz embargada e enxugando as lágrimas.

Greca pode até não ganhar as eleições, mas, com certeza, ficará com o título de chorão da disputa.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Rafael mostrou um programa real ao contrario de seus adversários que se escondem atras de cenários falsos e atores contratados, dia desses encontrei o no Cajuru cercado de pessoas, assim é bom ver propaganda de TV no TRE.
    Quem não gostou são os boysinhos que ficam na net o dia todo sem fazer nada e fumando baseado. Arte é pra artista de circo. Queremos realidade.

  2. Rafael mostrou que emoção é possível nos políticos de bem. Um homem também chora. Pior e Ducci com seu sorriso de picolé de xuxu.

  3. Não dá para entender, o candidato chorando para um monte de babaquices ditas por borgueses da alta sociedade. Só em Curitiba mesmo, aqui em São Paulo estamos do Haddad, este sim tem sensibilidade social.

  4. Ele tem mais é que chorar, porque os eleitores o abandonaram, junto quando ele abandou o Lerner.

  5. o kleber bambam chorou e ganhou o 1° bbb, o cássio “chorou” em 2000 e ganhou a eleição, o choro do greca foi sincero, mas se o ducci chorar eu não acredito.

  6. Mas a política curitibana é assim mesmo: quando não é descaradamente ufanista é desassossegadamente paternalista.