Haddad vira para cima de Serra em SP, diz Vox Populi

* Russomanno 35%, Haddad 18%, Serra 17%

O avanço petista em São Paulo poderá repercutir nas eleições de todo o país.

Embalado pelos apoios do ex-presidente Lula e da ministra Marta Suplicy, o candidato do PT em São Paulo, Fernando Haddad, virou em cima de José Serra (PSDB).

Segundo pesquisa Vox Populi, encomendada pela direção do PT, Celso Russomanno (PRTB) tem 35%, Haddad 18% e Serra 17%. O petista e o tucano estão tecnicamente empatados no segundo lugar.

Os números do Vox Populi batem com tracking diário do PSDB, que ontem à  noite identificou pela primeira vez o petista na frente do tucano.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ja ta na hóra, dos tucãnos perderem o trono no brasil inteiro. poque esta patria
    tem dono., pois venderãm as estatais todas para os estrãnjeiros, por
    uma mixaria. e quérem voltar para vender o banco do brasi e a caixa económica e o résto da petrobras … devemos por honrra da patria desprezar a raça tucãno

  2. Só virou na pesquisa do instituto amigo do PT…. nas outras virou mesmo, mas prá baixo… Haddad será o Reitor Moreira do Lula em SP, vai conseguir a proeza de não ir ao segundo turno…

  3. ENTERRO POLÍTICO do SERRA cada vez mais próximo…

  4. Viu Beto Lerner, o seu fim será o mesmo deste tralha….

  5. É impossível mesmo acreditar em pesquisa. O Datafolha divulga o contrário: que Serra estaria em segundo com 21% e teria se descolado de Haddad com 15%. O eleitoral realmente não deve decidir seu voto com base em pesquisas, sob pena de estar sujeito ao poder econômico que perpassa seus institutos!

  6. José Serra representa para São Paulo o que Luciano Ducci representa para Curitiba: a continuação de um governo ruim, de um projeto que não deu certo!

  7. por que valdemar costa neto e aliado do serra ,em são paulo? ai poooode! costa neto esta sendo julgado ,no prcesso 470 ,mensalão.. brog conversa afiada.