Vereadores de oposição denunciam Ducci por “falsidade ideológica”

Professora Josete (PT) entre os vereadores que farão a denúncia contra o prefeito.

A bancada de oposição na Câmara de Vereadores protocola na Justiça Eleitoral, nesta quarta-feira (1) à s 14 horas, notícia crime contra o candidato à  reeleição, prefeito de Curitiba Luciano Ducci (PSB), por suposta falsidade ideológica e uso de documento falso.

A notícia crime tem como base reportagem da revista Veja, publicada em junho deste ano, que questiona a evolução patrimonial do prefeito e documentos públicos obtidos pelos vereadores em cartórios do Paraná e de outros estados.

Em nota oficial, divulgada no mês passado, o prefeito disse que a revista Veja mentiu sobre essa questão. Segundo ele, não há qualquer irregularidade na evolução patrimonial dele e de sua família.

Os vereadores oposicionistas prometem entregar a documentação na sede da Procuradoria da República (R. Marechal Deodoro, 933). Eles informam que a Procuradora Regional Eleitoral, Adriana Storoz, comandará as investigações.

De acordo com o advogado criminal, Cal Garcia, responsável pela ação, há graves indícios de omissão de bens e direitos nas declarações de bens entregues por Luciano Ducci à  Justiça Eleitoral para registro da candidatura das coligações nas eleições de 2008 e 2012.

Os vereadores e o criminalista Cal Garcia atenderão a imprensa no local.

Comentários encerrados.