Veja essa: No Paraná, professor terá que provar que não é doidão

Segundo os professores, dupla Arns-Meroujy é “a mais incompetente do mundo”.

O vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), e sua fiel escudeira e superintendente da pasta, Meroujy Cavet, conseguiram aprontar mais uma em menos de duas semanas. Veja se eu não tenho razão, caro leitor.

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) lançou na semana passada o edital de consulta pública para realização de concurso de professores. Até aí tudo bem, nada de mais.

A porca começa torcer o rabo quando o edital da dupla Arns-Meroujy prevê a obrigatoriedade de provas práticas e provas psicológicas eliminatórias. Ou seja, se o cidadão ou cidadã quiser dar aulas no Paraná precisará provar que não é doidão. Coisa de doido.

Atenção, governador Beto Richa (PSDB). O senhor ainda não se pronunciou sobre aquele convênio da Educação para fornecer mão de obra barata à  rede Wal-Mart.

A SEED foi transformada em RH da multinacional e o senhor ainda não abriu o bico. Omissão ou concorda com essa maldade contra a juventude paranaense?

O Ministério Público do Trabalho também ficou pianinho.

Entretanto, A APP-Sindicato, a UPES e a UPE se pronunciaram sobre o episódio Wal-Mart.

Leia mais sobre o caos na Educação do Paraná:
Professores do Paraná conseguem na Justiça implantação imediata de 33% de hora-atividade
Picaretagem na Educação: Governo do PR faz convênio degradante a adolescentes para favorecer Wal-Mart
Caos na Educação: Professores se dizem enganados pelo governo outra vez. Pode isso, Arnaldo?
Caos na Educação: No Paraná, os tucanos conseguiram derrubar até os índices no Ideb

Caos na Educação: Professores pressionam governo do PR e já falam em greve por tempo indeterminado

Pelas redes sociais, professores pedem greve à  direção da APP-Sindicato

Caos na Educação: No site oficial, SEED orienta escola de Palmeira fazer “gambiarra” em laboratório de informática

Segundo a APP-Sindicato, Flávio Arns deu calote nos professores

SEED lança brigada contra incêndio nas escolas, mas sem extintores

Caos na Educação: Documento da SEED ensina diretores enganar o MEC

Reajuste na gratificação de diretores de escolas fica só na promessa

Flávio Arns promete a professores hora-atividade para janeiro de 2013

Mais uma vez, prefeitos se reúnem hoje com Flávio Arns para discutir transporte escolar

Palácio torce para que Flávio Arns deixe a Secretaria da Educação

Caos na Educação: Prefeitos cogitam pedir ao governador a cabeça do secretário Flávio Arns

Caos na Educação: Calote do governo do PR pode levar prefeituras a suspender transporte escolar

Casas Bahia!: Governo do PR propõe parcelar reajuste e hora-atividade aos professores

Richa anuncia reajuste para diretores de escola; já os professores!¦

As reclamações no setor de educação estão aumentando!, diz deputado Duglas Fabrício

Semana Pedagógica: Governo do PSDB copia Lerner e avança na privatização da Educação

20 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Tem que fazer o teste psicológico e também teri que fazer para candidatos a governador, tenho certeza que alguns não seria candidatos

  2. VAMOS FAZER UM TESTE PARA O FLÁVIO ARNS SE É COMPETENTE OU SÓ LEVA VOTOS NAS COSTAS DA TIA DELE, QUE ELA SIM TINHA COMPETÊNCIA E FAZIA O BEM PARA O POVO.

  3. SE FOR COBRADO TESTE PSICOLÓGICO DE NOSSOS POLÍTICOS VEJA COMO SERIA O GOVERNO DO PARANÁ: BETO RICHA: GOVERNARIA SÓ CURITIBA POIS O RESTO DO PARANÁ NÃO EXISTIRIA; ALVARO DIAS, MONTARIA UM ESTÁBULO, POIS FALTARIA CAVALOS PARA PISOTEAR OS EDUCADORES, REQUIÃO: FARIA UM CURSO NA ÁREA DE TRAUMATISMO VIVIA QUEBRANDO DEDOS DOS REPORTERES, AINDA MAIS O RICHA ADORA AUMENTAR AS TAXAS DOS CONTRIBUINTES, DIGA COMO É O PSICOLÓGICO DESSE POVO?

  4. Tania
    Bom seria se fosse verdade, infelizmente, o governo atual realiza um péssimo trabalho junto a Secretaria de Educação, espere o resultado do IDEB E sinta o DRAMA, tudo indica que a nota do Paraná pela primeira vez vai cair. Não é questão de torcer pelo fracasso e sim de falar a verdade, que bom seria se esse excelente trabalho divulgado por você realmente existisse.

  5. Teste psicológico deveria ser cobrado de nossos candidatos, os políticos. Muitos roubam e dizem que são vítimas, mentem e dizem que estão falando a verdade, prometem e não cumprem…

    Já essa criatividade da SEED tem um nome, transferência de responsabilidade. Esse governo tenta passar a ideia de que a educação não vai bem por culpa dos professores, ledo engano, as escolas continuam funcionando apesar da política da SEED.

  6. Esmael, publica meu comentário, você não falou que cada um tem a sua opinião?
    Gostaria que publicasse a minha. Obrigada!

  7. Estamos num momento político especial, graças às eleições de outubro, e todos esses fuxicos fazem parte do tabuleiro de xadrez, onde as peças são mexidas estrategicamente.
    A oposição sabe que a Meroujy Cavet faz um excelente trabalho, por isso pensam que ao tentar denegrir a imagem dela, teriam algum êxito. Vão cair do cavalo, porque a experiência nos mostra que esse tipo de política não funciona, não “cola”. Como diretora de escola estadual, apoio irrestritamente o trabalho da dupla Flávio Arns e Meroujy Cavet.

  8. O problema não é o teste psicológico, e sim, o descaso do governo Beto Richa com a educação paranaense!

  9. Esmael,

    Você tem carteira de motorista, a CNH? Se tem, teve que fazer teste psicotécnico, certo? Nada mais justo que a SEED exija o teste psicológico, afinal assim como para dirigir, pedir atestado de sanidade mental, é um cuidado e proteção para os nossos filhos.
    Sou professora e minha filha estuda em um colégio estadual de Curitiba. O que mais vejo são professores faltando ou afastados e alguns deles acabaram de assumir o concurso. Que tipo de educação você está defendendo? Aquela em que nossos filhos ficam no pátio sem aula porque alguns professores sem a menor capacidade laboral foram aprovados, e assim, além de prejudicarem nossos filhos, prejudicam os colegas que se sobrecarregam com as atividades? Tenho certeza que não. Você defende e luta por educação de qualidade, não é?
    A SEED tem muitas coisas para melhorar, sem dúvida. Mas eu gostaria de ver, nem que seja uma única vez, você escrever sobre os avanços da dupla Flavio Arns e Meroujy Cavet.
    Informe-se sobre o Projeto Minha Ilha tem Escola, por exemplo. Diga a seus leitores como a SEED, pela primeira vez na história dessa secretaria, está levando a sério a educação diferenciada e específica que aquelas comunidades merecem. Alojamento para professores, construção de escolas, bibliotecas, proposta pedagógica diferenciada. Converse com os diretores das escolas das ilhas e pergunte como está sendo o atendimento da dupla dinâmica, e bem dinâmica Flavio Arns e Meroujy Cavet, que inclusive, visitou e conversou com TODAS as comunidades de ilhéus. Eles não ficam sentados e planejando ações descontextualizadas. Cada ação é amplamente discutida com as comunidades, e seus representantes. Inclusive, colocar em consulta pública o edital de concurso, prova isso.
    Seja justo e publique também os avanços.
    Reitero, pedir o atestado é proteção para os alunos, não é um erro.

  10. Eu leio cada coisa que não dá nem para acreditar. Nós, os professores da rede pública do PR não recebemos o piso do magistério, definido em lei. Nós não temos 1/3 de hora-atividade definido em lei. Os cursos de jovens e adultos estão sendo paulatinamente fechados, sob a alegação que são deficitários. A educação profissional está sendo desmontada aos poucos. Os laboratórios do PR Digital estão desatualizados e não se faz nada. Os professores que têm um padrão mas trabalham 40 horas, só podem se atualizar com o PDE, se abrirem mão de metade do seu salário, porque a Seed não paga o afastamento em cima das aulas extraordinárias, ou seja, os professores estão com metade do salário. Os cursos de formação continuada seguem uma ótica gerencial, como se escola fosse empresa. Estão acabando com a educação do PR e tem gente que não enxerga.

  11. O atual governo além de não cumprir a LEI, não honra as suas promessas, promessas essas que são públicas, inclusive foram divulgadas por este blog.
    Elias cordeiro, esse governo não trata a Educação como prioridade, sinto desapontá-lo, porém o governo anterior estava muito mais preocupado com a educação paranaense, essa afirmação é quase unanimidade entre os profissionais da educação paranaense. OBS: não sou eleitora do Requião, porém a verdade tem que ser dita.

  12. Qual o problema de fazer teste psicológico? Eu fiz concurso público em junho e fiz o teste psicológico, não vejo problema nisso. Acho que o sr. além de mal informado acha problema onde não existe.

  13. Sinto desapontá-lo, caro blogueiro Esmael, penso que você está cometendo uma das maiores injustiças ao criticar a Superintendente de Educação, Sra. Meroujy Cavet.

    Como apaixonado que sou pelo tema Educação, e por acompanhar intensamente o colégio onde minha filha estuda, faço parte da APMF e do Conselho Escolar, gostaria de lhe dizer que nunca, jamais em tempo algum, fomos tão bem apoiados como no governo atual.

    Posso lhe garantir que antes desse governo, mais especificamente no governo do Sr. Roberto Requiao, que tinha como Secretário o irmão dele, Sr. Mauricio Requiao, não conseguíamos nada. Fazíamos os pedidos e nunca recebíamos nada. Recebíamos sim, aquele famoso jogo de cena: a autoridade chama o subalterno, abraça o solicitante, e diz (como se estivesse pensando nisso mesmo), olha, anote aí, e atenda por favor, hehehe.

    Tudo jogo de cena, nada acontecia. O pobre diretor ficava na expectativa, anunciava aos professores e …. nada, absolutamente nada. Vez por outra, as “otoridades” convocavam reuniões, os pobres diretores íam, sonhando conseguir as coisas e quando lá chegavam, percebiam que haviam caído numa arapuca, era uma reunião política querendo conseguir apoio para certos candidatos, grosso modo, ligados ao Sr. Roberto Requiao.

    Posso lhe garantir, também, que hoje.ç as reuniões são absolutamente técnicas, com projetos, todos querendo o melhor para a educação do Estado do Paraná. Tenho acompanhado o trabalho da Sra. Meroujy Cavet, e posso dizer, ela é uma gigante, uma formiga atômica, não para de trabalhar, está sempre abrindo frentes. Logicamente ela tem o apoio do Sr. Flavio Arns, Secretário da Educação, e por extensão, tem também o apoio do Sr. Beto Richa, nosso governador.

    Garanto-lhe, e provo, que sempre fui oposição ao Sr. Beto Richa, não sou mais, porque endosso o trabalho que eles fazem na educação.

    Peço-lhe a gentileza de publicar meu comentário. Não é justo o que estão fazendo com a Sra. Meroujy Cavet. Sou contra esse tipo de jogo rasteiro, não gosto de injustiça. No mais, em seu blog há muita coisa boa, coisas interessantes, assim como há muitas coisas ruins. O que eu preciso é saber filtrar bem as suas notícias e notas. Mas, você é um bom profissional, tem “pegada” jornalística. Às vezes atira no alvo errado, como você fez nessa matéria.

    Elias Cordeiro

    • Que bom para vocês Elias, porque aqui na minha região , sul do Paraná, é exatamente o contrário, todas as Reuniões tem cunho politico , para elevar o nome do Rossoni, inclusive na cidade onde o filho dele foi candidato, todas as escolas estaduais, precisando ou não , agora na época de eleição estão sendo reformadas, e deixa-se bem claro, que tudo é possível graças ao empenho do Rodrigo Rossoni ( filho do deputado, e prefeito cassado) inclusive o Chefe do NRE (licensiado e atual) em todas as reuniões deixam claro a influência do filho do deputado, até para abrir cursos do pronatec (pago pelo governo ) ele é o responsável. Feliz de vocês que não estão tendo esta pressão e propaganda política perpetrada por agentes públicos como ocorre aqui….

    • SINTO DESAPONTA-LO SENHOR ELIAS SOU PROFESSOR, A PRESSÃO QUE SOFREMOS, EM RELAÇÃO A CURITIBA AS ESCOLAS ESTÃO SENDO MOSTRADA COMO EXEMPLO AGORA VIAJE PARA O RESTO DO PARANÁ E DE UMA OLHADINHA DA DEGRADAÇÃO QUE SE ENCONTRA O CURITIBANO GOSTA MUITO DE PROPAGANDA E O BETINHO É DOUTOR NISSO. AGORA VEJA O IDEB DA ESCOLA EM QUE A SUA FILHA ESTUDA PARA VER SE AUMENTOU OU DIMINUI O ÍNDICE, NÓS PROFESSORES TEMOS FAMÍLIA PARA TRATAR, E AS ESCOLAS ESTADUAIS VIROU UMA CRECHE AMBULANTE.

  14. Nenhuma das promessas do governo Richa ao magistério paranaense, atè agora foram cumpridas. Obs: as promessas não são extraordinárias, são apenas a adequação do Paraná a Lei do Piso Nacional, pois até o momento o governo paranaense não cumpre a Lei.

  15. A DUPLA DINÂMICA QUE NÃO É TÃO DINÂMICA, PARECE QUE NUNCA ENTRARAM EM UMA SALA DE AULA, POIS ATRÁS DE UMA MESA É FÁCIL EXIGIR, MAS GARANTIR O NOSSO DIREITO FICA PARA A PRÓXIMA ELEIÇÃO CAROS POLÍTICOS PARANAENSE.

  16. Bem que poderia valer para professores que acham que são vereadores.
    Aposto que o Prof galdino não iria passar 🙂