TRE nega recurso e mantém Pupin fora da disputa em Maringá

Roberto Pupin (PP).

via blog do à‚ngelo Rigon

Agora à  tarde, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE) julgou os embargos de declaração de Carlos Roberto Pupin (PP) e manteve o indeferimento ao pedido de registro de sua candidatura a prefeito de Maringá pela coligação A mudança continua!.

No domingo, sua candidatura foi impugnada por unanimidade de votos; hoje, baseado no parecer do relator Rogério Coelho, o recurso, protocolizado na segunda-feira, foi rejeitado também por unanimidade de votos. Pupin poderá recorrer ao TSE.

Na segunda-feira, o recurso do candidato a vice da chapa, professor Claudio Ferdinandi (PMDB), foi indeferido pelo TRE. Os dois só poderão ser candidatos se os resultados forem revertidos em Brasília, o que especialistas consideram possibilidade remota.

Ferdinandi teve a candidatura cassada por fazer parte da lista dos contas sujas do Tribunal de Contas do Paraná; Pupin, porque prevaleceu a tese de que disputará o terceiro mandato, já que assumiu c0mo prefeito no período de seis meses que antecede as eleições de 2008 e 2012.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. parece-me que mesmo sem chover o(s) barro(s) maringaense esta se diluindo em lama kakakakakakak.

  2. ADEUS CLÀBARROS. К ЧЁРТУ !

  3. Avaca foi para o brejo,num tiro só fuzilou Pupim e Seu Vice Ferdinandi,e já ouvi dizer que o plano B seria a Luiza esposa do Pupim,se acontecer mais uma que está inelegível pois é esposa de Pupim também não pode pois ele foi condenado por terceiro mandato,logo nehum parente de Pupim poderá candidatar-se.

  4. o pupim virou pudim queimado.