Sobre a judicialização das eleições

Prefeito Baroni (PT) ao lado do deputado à‚ngelo Vanhoni (PT).

Recebi manifestação do prefeito Otélio Renato Baroni (PT), de Jaguariaíva, município do Norte Pioneiro, a 236 km da capital, concordando com o post “Quer ser prefeito? Contrate um grande escritório de advocacia”, veiculado na última quinta-feira (16).

“Tal texto retrata muitíssimo bem o que vem acontecendo, cada vez com mais frequência a cada nova eleição em todos os cantos”, diz o prefeito.

A seguir a manifestação do prefeito:

Caro Esmael

Ao mesmo tempo em que aproveito para cumprimentá-lo, quero me reportar ao texto veiculado em seu blog, no dia 16 de agosto do corrente, intitulado “Quer ser prefeito? Contrate um grande escritório de advocacia”, aproveitando também para enaltecer suas análises e considerações.

Tal texto retrata muitíssimo bem o que vem acontecendo, cada vez com mais frequência a cada nova eleição em todos os cantos. Infelizmente é isso que vem acontecendo, quando a disputa fica no campo jurídico na tentativa de se eliminar adversários, diante do receio de ser eliminado nas urnas. Em nosso município temos acompanhado algumas situações, embora não tão acirradas quanto as citadas pelo nobre jornalista.

Prefeito do município de Jaguariaíva, advogado e candidato à  reeleição, cito e concordo plenamente com o último parágrafo do seu texto:

“O futuro das cidades não pode ficar nas mãos dos grandes escritórios de advogados. A política não pode ser reduzida à  disputa jurídica, onde prevalece o tapetão e a melhor estratégia nos tribunais. à‰ preciso resgatar a soberania do voto do povo, que deve escolher seus dirigentes em todas as esferas públicas com a menor interferência possível de outros poderes – especialmente do Judiciário”.

Parabéns pelo texto e pela visão!

Otélio Renato Baroni
Prefeito de Jaguariaíva

Comentários encerrados.