Roseli Isidoro segura na Justiça comerciais de Ducci

Publicado em 29 agosto, 2012
Compartilhe agora!

Desembargadores mantêm proibidos comerciais de Luciano Ducci.
Os desembargadores da 5!ª Câmara Cível rejeitaram, por unanimidade, recurso do prefeito Luciano Ducci (PSB) e mantiveram proibidos os comerciais institucionais da Prefeitura que fazem promoção pessoal do candidato à  reeleição.

No final de abril, a Justiça atendeu ação proposta pela presidente do PT de Curitiba, Roseli Isidoro, candidata à  Câmara de Vereadores, e considerou que os comerciais Operação Asfalto Novo!, Criança é Prioridade 262 Creches!, Orgulho de Ser Curitibano!, Obras Viárias e Pavimentação! da Prefeitura violam os princípios da orientação e da publicidade !“ previstos no artigo 37 da Constituição Federal !“ e estavam sendo usados para promoção pessoal do prefeito (processo 927878-0).

Somente entre os dias 1!º de março e 4 de abril foram mais de 620 inserções dos comerciais proibidos apenas em emissoras de TV.

As cores do partido de Ducci estavam sendo usadas nos comerciais na tentativa de vincular a candidatura do prefeito à s obras realizadas pela Prefeitura.

à‰ visível então a avassaladora campanha de marketing diante do número elevado de inserções, nas principais redes de televisão, horários chamados nobres. Não só isso, o volume crescente destas inserções neste momento, diante da aproximação de campanha eleitoral. Não há que se negar que o atual mandatário do executivo municipal é virtual candidato ao mesmo cargo!, afirmou o juiz da 5!ª Vara da Fazenda Pública, Marcos Vinícius da Rocha Loures Demchuk, ao conceder a primeira liminar em abril passado.

O magistrado questionou ainda os valores investidos na publicidade.

Os valores envolvidos são elevados. Em relação aos valores liquidados no mês, para divulgação das ações, R$ 480.455,70, diante do ínfimo valor de R$ 16.669,94, destinado a campanhas informativas e educativas. O mensalmente realizado diante do orçamento anual previsto, para o primeiro, em torno de 4%, e, em relação ao segundo, aproximadamente 0,4%!, completou.

Compartilhe agora!

Comments are closed.