Réplica sobre a Ponte Estaiada. Greca responde Ducci: “Não sou amestrado por nenhum governador”

Rafael Greca, por Gilberto Yamamoto (Gazeta do Povo).
“O prefeito sentiu o golpe. Curitiba começa a ver que a mudança sou eu. Vejo com tristeza o desperdício de dinheiro público em asfalto de 3 centímetros.

A cidade merece pavimentos de 9 centímetros, como eu fazia e que duram até hoje na linha do Interbairros. Vejo com tristeza a dor do nosso povo, padecer nos postos de saúde.

Vejo a aflição das mães sem creches para seus filhos e vejo também obras inacabadas na Linha Verde, vexame diante do BID.

Tenho a obrigação de denunciar as verbas carimbadas! a pretexto da Copa do Mundo. Verbas federais também não permitem desperdício, nem desvio, nem mensalão.

O preço da ponte estaiada é escandaloso. A Avenida das Torres não é o caudaloso Rio Paraná, os valores de transposição se equivalem.

A solução estaiada só teria sentido se não houvesse solo firme para a fixação de pilares.

à‰ natural que falte invenção quando sobra imitação de São Paulo. Além de copiarem a ponte estaiada, copiaram o péssimo trânsito e a Cracolândia.

Não sou amestrado por nenhum governador. O amor vence tudo, inclusive essa propaganda enganosa dos atuais donos do poder.

Do treinamento que o prefeito Luciano Ducci recebe na sua gestão, quero distância. A minha formação me impede, em nome da ética, de me aperfeiçoar na escola que o prefeito Luciano Ducci tem frequentado”.

Rafael Greca, candidato a prefeito de Curitiba pelo PMDB.

Comments are closed.