Professor Lemos tem a menor rejeição em Cascavel, diz Ibope

Professor Lemos (PT).

Segundo pesquisa Ibope, divulgada ontem à  noite pela RPC TV, o candidato do PT à  prefeitura de Cascavel, Professor Lemos, é o menos rejeitado pelo eleitorado com 7%. Os mais rejeitados são Chico Menin (PPS) e Lisias Tomé (PSDC), com 28%, seguidos pelo prefeito Edgar Bueno (PDT), com 21%, que concorre à  reeleição.

A menor rejeição dá a Lemos vantagem competitiva para chegar a um eventual segundo turno, pois os demais adversários têm os seguintes índices: Idalina Barreiros (PP) tem 18%, Rosana Nazzari (PCB) 9% e Jorge Lange (PSD) 8%.

A 40 dias das eleições, o petista está embolado na segunda colocação com outros quatro candidatos. Lemos tem 9% de intenções de voto no levantamento espontâneo; Idalina tem 10%; Menin 8%; Lange 7%; Lisias 4%; e Rosana 1%.

O prefeito Edgar Bueno lidera a disputa com 43% das intenções de voto e aguarda o adversário para a segunda etapa.

De acordo com o deputado Elton Welter, a baixa rejeição de Lemos é um trunfo que poderá levá-lo à  disputa no segundo turno. Vamos vencer estas eleições!, prevê o líder da Oposição na Assembleia Legislativa do Paraná.

O Ibope ouviu 504 eleitores entre os dias 24 e 26 de agosto e está registrado sob o número TRE-PR: 00074/2012.

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Quem é louco de votar no jorge lange? ele não tem nenhuma proposta ele só copia as propostas de edgar bueno

  2. e esta parecendo que cascavel vais se tornar Brasilia, pois, na propaganda desse candidato aparece mais o pessoal de Brasilia do ques as proposta de ele tem para Cascavel

  3. Viu João isso que o Esmael escreveu quer dizer o que? Você é que não leu direito…

    “O prefeito Edgar Bueno lidera a disputa com 43% das intenções de voto e aguarda o adversário para a segunda etapa.”

  4. Esmael,como vc está vendo estes números,se o Prefeito está com 43 % ,vc só comenta os 9 % do professor Lemos,não consigo ver o que vc está vendo que Eu não estou vendo,temos 5 candidatos lá em baixo numa briga de foice no escuro tecnicamente empatados em segundo com uma margem de 8 a 10 %,evidentemente o Prefeito Edgar Bueno é o alvo por ser o atual Prefeito está com 43 % ,é mais fácil Ele conseguir mais 3% e liquidar a fatura do que um candidato que está embolado lá em baixo ir para o segundo turno.João

  5. Vejam como é, eu nem havia percebido, a ‘reportagem’ que postei também é tendenciosa. Com esses índices o Edgar soma de goleada todos os demais concorrentes, com condições de vencer a eleição no primeiro turno (e disseram que ele “iria para o segundo turno, mas seu adversário ainda não parece claro”). É a sacanagem eleitoral correndo solta, em campo aberto!

  6. Acredito que o professor Lemos pode vencer as eleições, mas não se esqueça amigo de publicar corretamente os numeros.
    Da maneira como está, vc não menciona que o atual prefeito esta com uma ampla vantagem.
    Assim vc perde credibilidade, pois deixa claro sua posição politica em prol do professor lemos.

    SE liga Esmael!!

  7. Interessante este enfoque que é dado à pesquisa, com o claro objetivo de encobrir o favoritismo do atual prefeito Edgar Bueno, do PDT, para vencer logo no primeiro turno em Cascavel.

    Para melhor análise dos leitores do blog, insiro notícia que copiei do Jornal do Brasil/Portal Terra, nesta terça-feira: O prefeito e candidato a reeleição em Cascavel (PR), Edgar Bueno (PDT), larga na frente no primeiro Ibope no município, divulgado nesta segunda-feira pela RPCTV, que encomendou a pesquisa. Com 43% das intenções de voto, o chefe do Executivo iria para o segundo turno, mas seu adversário ainda não parece claro, uma vez que cinco dos seus outros seis adversários estão tecnicamente empatados. Com margem de erro de quatro pontos percentuais, a pesquisa aponta Idalina Barreiros (PP) com 10%, seguida de José Lemos (PT) com 9%, Chico Menin (PPS) com 8%, Jorge Lange (PSD) com 7% e Lisias Tomé (PSDC) com 5%. Rosana Nazzari (PCB) aparece com 1% no levantamento. Os indecisos somaram 10% e os brancos e nulos outros 7%. Os índices de rejeição, que investigam em quem os eleitores não votariam, mostra Menin e Tomé com 28% cada, Bueno com 21% e Idalina com 18%. Rosana tem 9%, Lange, 8%, e Lemos, 7%.

  8. É DE RIR!
    Evidente… quem não é conhecido não é nem avaliado, logo terá rejeição pequena. Veja a rejeição aqui do Bruno “Mineirinho”, loko de esperto, do Avanilson, da combativa Alzimara? todos com rejeição baixa. Em se tratando de candidatos com baixo indice de indicação, a rejeição é obiamente tbém pequena.
    Conta algo relevante, do tipo: Pesquisa indica que Edgar Bueno é lider isolado!