Leia as manchetes desta quinta

Jornais do Paraná

– Gazeta do Povo: O que pode arrastar o julgamento do mensalão

– Jornal do Estado: Frota de carros de Curitiba cresce menos que a do Paraná

– Jornal Metro: Empresa gaúcha vai explorar Pedreira

– Jornal de Londrina: Prefeito nomeia três novos secretários

– Folha de Londrina: Juiz fixa prazo para Barbosa defender candidatura a prefeito

– O Diário (Maringá): Fifa credencia Maringá para ser CTS da Copa 2014

– Diário dos Campos: Prefeitura pede redução de 30% de custos para HM

– Jornal da Manhã: UEPG rompe convênio de gestão médica

– O Paraná: Produtores terão de reerguer cercas no Contorno Oeste

– Gazeta do Paraná: Enfim, novela das obras do Contorno Oeste tem previsão de conclusão

– Jornal Hoje: Falta de médico agrava espera por atendimento

– Gazeta do Iguaçu: Candidatos de Foz participam hoje do primeiro debate para as Eleições 2012

– Diário do Noroeste: IPC-S aponta redução no preço da carne bovina, mas queda não chega a Paranavaí

– Tribuna de Cianorte: Começa julgamento do mensalão

– Umuarama Ilustrado: Réus do mensalão vão a julgamento a partir de hoje

– Tribuna do Norte: Projeto do Centro de Radioterapia não sai do papel

Jornais de outros estados

– Globo: A hora do mensalão !“ Réus sofrem derrota na véspera do julgamento

– Folha: STF começa julgamento com ministro sob pressão

– Estadão: “Fazer justiça é condenar todos”, afirma procurador

– Correio: Dividido, Supremo inicia hoje julgamento histórico

– Valor: Receitas contidas põem fim à  expansão “fácil” das teles

– Estado de Minas: Adivinha quem se deu mal de novo?

– Zero Hora: A hora da decisão !“ No banco dos réus

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. os dvogados tem razão quando alegam que somente tres reus teem foro privilegiado.mas porque julgar no suplemo?se eles podem ser julgados nos tribunais secundarios. o gurgeu depois desse julgamente ele vai responder na justiça por prevaricação. omissão. ele e brindador tambem,em 2002 tem o caso de furnas,privataria ,azeredo que o…..

  2. quem vai se explicar é o procurador da republica .o gurgel. então o ministerio publico ja intimou gurgel ele não poderia acusar ninguem, ele deveria dar exemplo!

  3. essa mensagem é para grande imprensa . Conselho nacional do Ministerio Publico . Gabinete do conselheiro. Almino Afonso Fernandes. Processo numero 0.00.000.000603 / 2012-53 Assunto: Procedimento de controle Administrativo/P C A Relator:Conselheiro Almino Afonso Fernandes. Requerente : Fernando Affonso Collor de Mello ,Senador da Republica. Requerido Ministerio Publico Federal. Para se explicar sobre prevaricação , das operaçõe vegas e monte carlos Brasilia DF 27 de Julho de 2012. eu li o documento na integra.