Jornal Gazeta do Povo erra números sobre Ideb do Paraná

A edição desta quinta-feira (16) do jornal Gazeta do Povo escorregou feio nos números do Ideb (àndice de Desenvolvimento da Educação Brasileira) 2011, divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) na terça-feira (14).

O jornal curitibano apresentou um infográfico sobre o Ideb no Estado do Paraná que pode induzir o leitor ao mesmo erro que a publicação cometeu.

Fonte: Gazeta do Povo.

O primeiro equívoco cometido na reportagem diz respeito à  troca das metas pelas notas e vice-versa.

Ou seja, as notas corretas nos anos iniciais do ensino fundamental nas redes pública, privada e estadual são: 5.0, 5.4 e 5.6. Já as metas eram: 4.7, 5.0 e 5.4. Os dados são referentes aos anos 2007, 2009 e 2011.

Ideb 2011: Fonte MEC. Clique na imagem para acessar o site oficial.

Fonte: Gazeta do Povo.

Nos anos finais do ensino fundamental o Ideb observado, também entre anos 2007, 2009 e 2011, é: 4.2, 4.3, 4.3. E as metas para esses anos eram: 3.6, 3.7 e 4.0. O jornal também errou nesse item ao trocar as notas pelas metas.

Ideb 2011. Fonte: MEC. Clique na imagem para acessar o site oficial.

à‰ importante destacar que tais números apresentados pela matéria da Gazeta do Povo incluem também as escolas das redes privada e pública. No entanto, o jornal não fornece essa informação a seus leitores.

O erro do jornal, somado à s redes de ensino que não são de responsabilidade do governo do estado, a pública e a privada, na publicação, ajudou elevar artificialmente a nota final do Ideb do Paraná.

Se levada em consideração apenas a nota das escolas estaduais, dos anos iniciais do ensino fundamental, teremos duas situações: a primeira é a existência de estabilidade da nota (5.2, 5.2, 5.2) e, a segunda é que a meta não foi atingida em 2011 (5.0, 5.4 e 5.7).

Ideb 2011. Fonte: MEC. Clique na imagem para acessar o site oficial.

Nos anos finais do ensino fundamental é possível verificar queda na nota: 4.0, 4.1, 4.0. Mas as metas são cumpridas: 3.3, 3.5 e 3.8. Os dados são referentes aos anos de 2007, 2009 e 2011.

Ideb 2011. Fonte: MEC. Clique na imagem para acessar o site oficial.

Quando analisamos o desempenho do ensino médio, somente nas escolas estaduais, observamos que houve queda na avalição de 2011 em comparação a 2009, cujos números são: 3.7, 3.9, 3.7. E as metas eram: 3.3, 3.4, 3.6. Note que, apesar de cumprida a meta, houve queda na nota conforme o exposto.

Ideb 2011. Fonte: MEC. Clique na imagem para acessar o site oficial.

Quando incluímos na consulta da nota o ensino médio das escolas públicas, estaduais e privadas também verificamos uma “melhora” geral, em comparação à  avaliação somente das escolas estaduais, no entanto, mesmo assim o índice Ideb cai em relação a 2009: 4.0, 4.2, 4.0. As metas eram: 3.6, 3.7, 3.9.

Ideb 2011. Fonte: MEC. Clique na imagem para acessar o site oficial.

Resumo da ópera: Além do secretário da Educação e vice-governador Flávio Arns (PSDB), o jornal Gazeta do Povo também reprovou no Ideb 2011.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. obrigado Greca pelo Amor a Curitiba!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. mas eu quero saber em qual lugar minha escola está!!!!!!!!!!!!

  3. Claro, claro!! Agora que ficou feio a culpa é da Gazeta e o Luciano e Beto, JUNTOS não tem culpa de nada!!! hahaha!! O povo não é mais bobo, sabemos que a educação está sem investimentos durante todos esses 4 anos, talvez agora invistam assim como invetiram em asfalto!!