Fernanda Richa não pode se apresentar como secretária na propaganda de Ducci, diz Justiça

Primeira-dama Fernanda Richa.

O candidato à  reeleição, Luciano Ducci (PSB), está proibido de citar a mulher do governador, Fernanda Richa, como secretária de Estado em sua propaganda eleitoral.

Em sua decisão, a juíza eleitoral Renata Estorilho Baganha lembra que Fernanda Richa não é mais secretária de Estado desde o último dia 16 de agosto.

Desta forma, apresentá-la como se ainda fosse secretária de Estado, em propaganda eleitoral, consiste em afirmação sabidamente inverídica, que pode induzir o eleitor a estados mentais favoráveis à  candidatura de Luciano Ducci, razão pela qual a liminar deve ser deferida.!, afirma.

A decisão da Justiça Eleitoral atende a representação da coligação Curitiba Quer Mais, que tem Gustavo Fruet (PDT) como candidato a prefeito.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Que bem faz um photoshop à dama-dos-cobertores.
    Este pessoal sabe que, por aqui, a justiça é amiga, omissa e conivente.

  2. E que diferença faz mais uma mentira vindo do bando dos tucanos? Já estamos acostumados, nem precisavam corrigir.

  3. Essa turma não respeita nem o bom senso, quanto mais a justiça!

    • Tem que pedir para alguem tirar a fotinha dela do site do parana site da SEDS ,ja que ela nao é mais secretaria.

  4. Esmael essa senhora sempre foi “meninona de prédio” que hoje é uma das damas da elite neoliberal mais poderosas da classe dos bem de vida em Curitiba e o negócio dela e de muitos que a cercam é “viver da imagem se alimentando do status que certos cargos lhes conferem!” Senão vejamos: “Em sua decisão, a juíza eleitoral Renata Estorilho Baganha lembra que Fernanda Richa não é mais secretária de Estado desde o último dia 16 de agosto. Desta forma, apresentá-la como se ainda fosse secretária de Estado, em propaganda eleitoral, consiste em afirmação sabidamente inverídica, que pode induzir o eleitor a estados mentais favoráveis à candidatura de Luciano Ducci, razão pela qual a liminar deve ser deferida.”

  5. Que juiza heim? Aqui no Paraná o Beto e a Fernanda podem tudo.