Em nota, PT de Maringá propõe CPI para investigar Barros

Ricardo Barros é alvo de investigação. Foto: Jorge Woll.

Em nota oficial, o PT maringaense defende a instalação de uma CPI na Câmara para apurar supostas irregularidades em contratos de publicidade da prefeitura, cujo valor é de R$ 7,5 milhões.

A bancada petista diz que pretende propiciar à  população de Maringá total esclarecimento sobre os fatos contidos na denúncia do Ministério Público (MP).

O pedido de CPI tem como base a denúncia ofertada pelo MP contra o Secretário de Estado do Governo Beto Richa, Ricardo Barros, que, segundo a nota, mantém ingerência direta na prefeitura de Maringá administrada pelo prefeito Silvio Barros (licenciado) e vice-prefeito Carlos Roberto Pupin (em exercício).

A seguir, leia a íntegra da nota oficial do PT de Maringá:

NOTA à€ IMPRENSA

PT de Maringá quer CPI para apurar denúncias de irregularidades nos contratos de publicidade na Prefeitura

Diante da gravidade dos fatos noticiados pelo jornal Gazeta do Povo de terça-feira (31), dando conta da denúncia ofertada pelo Ministério Público Estadual contra o Secretário de Estado do Governo Beto Richa, Ricardo Barros, que mantém ingerência direta na prefeitura de Maringá, administrada pelo prefeito Silvio Barros (licenciado) e vice-prefeito Carlos Roberto Pupin (em exercício), em que foram gravadas, com autorização da Justiça, ligações telefônicas que apontam a existência de possível fraude e direcionamento na licitação de contratos de publicidade no valor de R$ 7,5 milhões, a Executiva Municipal do Partido dos Trabalhadores de Maringá, extraordinariamente reunida no dia de ontem, deliberou por orientar sua bancada de vereadores na Câmara Municipal, composta por Humberto Henrique e Mário Verri, para gestionar junto aos demais vereadores a abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) com a finalidade de apurar as supostas irregularidades, bem como propiciar à  população de Maringá total esclarecimento sobre os fatos contidos na denúncia do MP.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. nao deixem a lama virá tejoulo. manda a picareta.

  2. ja passou da hora de desmascar esses barros, que se mostram serem honestos, mais são uma das maiores podridões da politica paranaense, xau pra vcs…

  3. A Dinastia Barros,como todas as outras,está acabando,felizmente!O momento de mandá-los à casa é agora.Ficarão sem mandato e sem moral.Acabaram as falcatruas, a arrogancia,a soberba.Vão sem deixar saudades,bye,bye…

  4. É barro que virou lama…

    Novo Paraná…