Deputados querem comando do PMDB

por Ivan Santos, via Bem Paraná

Deputado Nereu Moura (PMDB).

A bancada do PMDB na Assembleia Legislativa pretende montar uma chapa para manter o controle do Diretório Estadual do partido. A intenção é manter o controle da legenda visando as articulações para as eleições de 2014.

A direção nacional do PMDB determinou que sejam realizadas convenções para renovar as direções municipais do partido em todo o País até 30 de outubro próximo. E até 23 de dezembro devem ser promovidas as eleições para os comandos estaduais da sigla. Atualmente, os parlamentares já controlam a maioria do Diretório Estadual peemedebista do Paraná, presidido pelo deputado estadual Waldyr Pugliesi.

Os parlamentares peemedebistas não escondem o desejo de levar o partido para uma aliança formal com o governador Beto Richa (PSDB), desde já candidato à  reeleição. O senador Roberto Requião (PMDB), porém, tem sinalizado a intenção de concorrer novamente ao cargo daqui a dois anos. Para isso, estaria também se preparando para retomar o controle da direção estadual, lançando seu sobrinho, o deputado federal João Arruda, como candidato à  presidência da legenda.

Requião e os deputados travam uma disputa interna pelo controle do PMDB paranaense desde a eleição de 2010. Contra a vontade do ex-governador, a bancada do partido aderiu à  base do governo Beto Richa na Assembleia. E vem negociando mais espaço no governo, já planejando uma composição para 2014.

Os parlamentares consideram que o partido não tem condições competitivas para disputar o governo contra o tucano. E que uma candidatura própria só interessaria ao próprio Requião. Por isso a preocupação de manter o controle do diretório estadual. Queremos uma chapa única de consenso desde que tenhamos a garantia do controle do partido. Queremos um deputado estadual na presidência. Se não tiver candidatura única, vamos montar uma chapa!, avisa o deputado estadual Nereu Moura, explicando o porque dessa posição: Esse diretório vai coordenar a eleição de governador!.

Segundo Moura, que cita como possíveis nomes para a presidência do diretório os deputados Waldyr Pugliesi, Caito Quintana e ele próprio, não se trata de confrontar Requião, mas de pensar nos interesses do partido e da bancada. Não somos adversários do Requião, mas temos que cuidar da nossa vida!, defende, afirmando que a bancada quer ter o controle do diretório para poder decidir, no momento oportuno, entre uma aliança com Beto Richa ou com um candidato do PT. Não vamos lançar candidato para fazer 10% dos votos e eleger só dois ou três deputados e acabar com o partido no Paraná!, sustenta. Não somos contra o Requião, mas queremos um deputado (na presidência do Diretório) porque quem está a duras penas fazendo com que o partido sobreviva somos nós!, alega.

Moura lembra que o atual governador concordou em manter-se neutro nas eleições municipais dos pequenos municípios, onde o PMDB tem mais força, a pedido da bancada. O Beto inclusive cancelou a sessão de fotos com candidatos a prefeito do PSDB, pois o PMDB hoje é aliado do governo!, lembrou.

Inteiro !” Segundo o deputado, a negociação inclui mais espaço para o partido no governo, que deve ser aberto por uma reforma do secretariado a ser realizada após as eleições municipais. Até porque, afirma Moura, esse espaço incluiria a indicação de um deputado para uma secretaria de Estado, e fortaleceria a ala peemedebista que disputa o controle do partido com o grupo de Requião. Para ele (Richa) é importante fazer com que o PMDB se sinta contemplado no governo, pois temos uma briga interna “intestina”!, brinca o parlamentar. Precisamos que o PMDB esteja inteiro no governo. Não dá para fazer política pela metade!, explica. (IS)

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O PMDB DO PARANÁ, É UM BOITATA,MULA SEM CABEÇA, NO PMDB EU VOTO SÓ NO GRECA, O RESTO É NA LEGENDA DO PT 13! E HAVENDO SEGUNDO TURNO… SE FRUET E DUCCI, É 12,SE FRUET E RATO É 12, SE FRUET E GRECA, AI VOU DECIDIR NO DIA DO VOTO, UMA VEZ Q Ñ GOSTO DE VOTAR EM BRANCO , E NEM ANULAR O VOTO.

  2. pmdb antes de acrescentar o aletra p era um partido mais serio, e coerente amigo e zelava pelos seus afilados. o verdadeiro partido ,antigo mdb,se perdeu no P.

  3. Só esperamos que não queiram usar o partido para fazer negociações em troca de carguinhos, como muitos tem feito até agora. O PMDB não merece ser enterrado vivo. É um partido histórico…ainda bem que Ulysses Guimarães não viveu para ver essa vergonha, mas com certeza anda revirando no túmulo da eternidade.