27 de agosto de 2012
por Esmael Morais
8 Comentários

30 de agosto: APP-Sindicato ameaça romper política do cafezinho! com governo Beto Richa

* Categoria entra em “estado de greve” a partir de quinta-feira

Professores exigem cumprimento de promessas do governo Richa. Arquivo.

Professores da rede pública estadual do Paraná sairão à s ruas na próxima quinta-feira, dia 30 de agosto, em protesto contra promessas não cumpridas pelo governador Beto Richa (PSDB) com a categoria.  ... 

Leia mais

27 de agosto de 2012
por Esmael Morais
28 Comentários

à‰ guerra: Fruet denuncia à  PF panfleto apócrifo que defende ocupação de imóveis

Fac-símile do material apócrifo.

A coligação de Gustavo Fruet (PDT) informa que levará à  Polícia Federal denúncia de distribuição de panfleto apócrifo, assinado em nome do candidato pedetista, que defende a ocupação de 60 mil imóveis ociosos em Curitiba. ... 

Leia mais

27 de agosto de 2012
por Esmael Morais
6 Comentários

Em Ubiratã (PR), prefeito pró-tucano encobre placa de obras de Dilma

Placa coberta em canteiro de obras gera polêmica em Ubiratã.

O vale-tudo eleitoral chegou à  pequena cidade de Ubiratã, no Oeste do Paraná, a 558 km de Curitiba. Para esconder a origem dos recursos do programa Minha Casa, Minha Vida, o prefeito Fábio D’Alécio (PPS) mandou encobrir a placa na obra. ... 

Leia mais

27 de agosto de 2012
por admin
2 Comentários

Em São Paulo, Marta anuncia que vai entrar na campanha de Haddad

Via Agência Estado
Após o encontro de duas horas com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a senadora Marta Suplicy (PT-SP) anunciou que entrará na campanha do petista Fernando Haddad à  prefeitura de São Paulo. “Falei que estou disponível para tudo”, disse a ex-prefeita, ao final do encontro.

A senadora, que almoçou com o ex-presidente na sede do Instituto Lula, disse que deve gravar para o programa de TV da campanha e que participará de agendas externas de Haddad. Marta revelou que sugeriu ainda locais para comícios onde acha que sua presença será mais produtiva. “O Haddad vai fazer a sua parte e a hora que eu for importante vou entrar. E agora é a hora”, afirmou a senadora.

Passados dez meses de divergência com o ex-presidente, um dos responsáveis pela sua desistência de disputar a prefeitura de São Paulo, o “armistício” entre os dois foi selado num almoço regado a peixe grelhado, legumes cozidos ao vapor, salada, arroz e feijão. A senadora comentou que fazia “muito tempo” que não conversava longamente com Lula. No final do encontro, Marta lembrou que Haddad segue uma trajetória de crescimento nas pesquisas de intenção de voto, enquanto o adversário tucano José Serra vem caindo.

“Acho que vai virar. Acho que vai virar tanto que é capaz de ir o (Celso) Russomanno e o Haddad (para o segundo turno). Tem candidato caindo e candidato subindo, né?”, apontou.

Aos jornalistas, Marta minimizou as críticas da campanha de José Serra à  sua gestão e disse que os seus quatro anos de governo ficaram marcados na história da cidade. Leia mais

27 de agosto de 2012
por Esmael Morais
21 Comentários

Depois de puxão de orelha de Greca, prefeitura manda consertar asfalto que vira pó

Greca fiscaliza conserto de asfalto de Ducci. Foto: divulgação.

Rafael Greca (PMDB) divulgou um vídeo ontem à  noite mostrando a qualidade duvidosa do asfalto do prefeito Luciano Ducci (PSB). Provou que o material se esfarela, vira pó. A cena gravada pelo peemedebista ocorreu na Avenida Vicente Machado, no Centro de Curitiba. ... 

Leia mais

27 de agosto de 2012
por admin
Comentários desativados em Recursos públicos alimentam primeiro mês de campanha com R$ 13,6 milhões

Recursos públicos alimentam primeiro mês de campanha com R$ 13,6 milhões

Via Agência Estado

No primeiro mês da corrida eleitoral, os cofres públicos ficaram em primeiro lugar no ranking de financiadores de campanhas. Pelo menos R$ 13,6 milhões saíram do Fundo Partidário – ou seja, do bolso dos contribuintes – para custear despesas de candidatos a prefeito e a vereador em todo o País.

Os partidos que mais se utilizaram dos recursos públicos são pequenos e médios, sem muitos favoritos nas grandes capitais, o que limita seu acesso a doadores privados. PSB, DEM e PRB estão no topo da lista.

O Fundo Partidário é formado por recursos do Orçamento da União. Sua principal finalidade é dar estrutura para o funcionamento dos partidos. O uso dos recursos em eleições não é ilegal, mas nunca foi possível medir os valores aplicados. Leia mais

27 de agosto de 2012
por admin
1 Comentário

Dilma comemora 1 milhão de casas do programa Minha Casa, Minha Vida

da Folha.com

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta segunda-feira (27) que o governo federal atingiu, em agosto, a marca de 1 milhão de casas e apartamentos construídos através do programa Minha Casa Minha Vida. Em seu programa semanal de rádio “Café com a Presidenta”, Dilma prometeu investir R$ 150 bilhões no programa até 2014, com o objetivo de contratar 2,4 milhões de moradias.

“O Minha Casa Minha Vida é uma das nossas prioridades, porque está garantindo moradia digna à s famílias brasileiras que nunca tiveram a chance de comprar a casa própria. Investir em moradia digna para a população é investir na proteção e na segurança das famílias. A casa própria contribui para que as famílias tenham uma vida melhor, para que as crianças e os jovens se sintam protegidos, para que os laços familiares e as amizades se desenvolvam, para que as famílias construam um lar”, afirmou a presidente.

De acordo com a presidente, o governo federal está atualmente trabalhando para atingir a construção de 3,4 milhões de moradias. Destas, 1 milhão já foram contratadas no governo Lula e 2,4 milhões estão sendo contratadas no governo Dilma. Em um ano e meio de governo, Dilma afirma que seu governo já contratou 860 mil novas casas e apartamentos do programa.

àREAS DE RISCO

A presidente Dilma Rousseff também comentou a construção de casas, através do Minha Casa Minha Vida, para famílias que vivem em áreas de risco, como encostas de morros. O objetivo é retirar as famílias de locais que possam ser atingidos por desastres naturais, como deslizamentos e enchentes.

“O programa est Leia mais

27 de agosto de 2012
por Esmael Morais
3 Comentários

TJ condena prefeito de Campo Mourão a 4 anos de prisão

por Carlos Ohara, via portal Terra

O prefeito Nelson Tureck (PSD), de Campo Mourão (PR), a 460 km de Curitiba, foi condenado a uma pena de quatro anos e 12 dias de detenção em regime semiaberto, à  perda do cargo que ocupa e à  suspensão de direitos políticos pelo prazo de cinco anos. Tureck foi condenado com base na Lei da Improbidade por dispensa de licitação, por concorrer para a prática de crime e por omissão, além de efetuar despesas não autorizadas por ou realizá-las em desacordo com as normas financeiras.

O ex-secretário de Obras do município, Munir Abdel Karim Daws Dayer, também foi sentenciado na mesma ação. Dayer recebeu a mesma sentença e ainda foi condenado por falsificação de declarações em documento público, recebendo pena total de 5 anos 2 meses e 15 dias. As sentenças foram deferidas pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) na sexta-feira e vieram a público no domingo. O acórdão com a sentença deve ser publicado nos próximos dias.

Em 2011, Tureck e Dayer já haviam sido condenados em primeira instância e recorreram ao TJ-PR. O relator do processo foi o desembargador Rafael Vieira de Vasconcellos Pedroso. Os réus ainda podem interpor recursos sobre a sentença. As condenações devem ser substituídas pelo pagamento de multa de seis salários mínimos e a prestação de 8 horas semanais de de serviços à  comunidade durante o período da condenação.

Sacolinha

As condenações de Tureck e Dayer foram definidas na ação proposta pelo Ministério Público no caso que ficou conhecido na cidade como “Sacolinha da Tim”. Em abril de 2008, o ex-secretário de Obras foi preso em flagrante, em uma operação coordenada pelo MP, acusado de extorquir o empresário Elpídio Koch, dono de uma empresa de material de con Leia mais