Vem aí o peemedebezão

Senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Foto: divulgação.

Um é pouco, dois é bom, três é demais. Agora, caro leitor, imagine seis. Isso mesmo, meia dúzia. à‰ a quantidade de partidos que o PMDB espera fundir-se depois das eleições municipais.

O senador Valdir Raupp (RO) não quis revelar quais legendas estão sob a mira, mas o projeto de transformar a agremiação que ele preside nacionalmente num peemedebezão leva em conta o DEM.

Raupp diz que a existência de 30 partidos legais no país pode comprometer a democracia. O peemedebista argumenta que soube! da intenção de igrejas criarem outras seis siglas. Uma bobagem, pois liberdade de organização e de expressão não faz mal a ninguém.

Se vacilar, o PMDB pode se converter num verdadeira arenão!, a Aliança Renovadora Nacional (ARENA) !“ outrora se vangloriava ser o maior partido do ocidente! — que dava sustentação política à  ditadura militar.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. EU OUVI A GLOBO COMENTAR ESSE ASSUNTO SOBRE A ARENA, CERTAMENTE TOMAR CUIDADO AGORA ANTES QUE SEJA TARDE!

  2. Entendo que o que compromete a Democracia não é a quantidade de partidos e sim o uso desses partidos em legendas de aluguel. A pluralidade de partidos em principio significa pluralidade de idéias. Triste é ver um país como os EUA dependendo eternamente de Democratas e Republicanos, num jogo de poder em que o que menos importa são os interesses do seu povo. Lá o jogo é poder e dinheiro e dominação do mundo. Será que é isto que este senador quer para o Brasil?