Veja essa: Em debate na tevê, candidato joga sapato e puxa a pistola contra oponente

Calma! Isso não aconteceu no Brasil, embora já tenhamos visto pontapés e bofetadas na telinha. O quiproquó aconteceu na distante Jordânia, Oriente Médio, durante um debate ao vivo entre um ativista político e um deputado.

O parlamentar Mohammad Shawabka não gostou nem um pouco das insinuações do ativista Mansour Murad sobre espionagens.

Shawabka, à  direita no vídeo, atirou um sapato contra Murad e, em seguida, para o desespero do mediador, sacou uma pistola da cintura.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Outra coisa, a arma é um revólver, não uma pistola.

  2. No Brasil, foi pior, Esmael. O avô do Collor sacou e atirou em um colega no plenário do Senado, matando-o. Lembrar é bom, para não repetir.