TRE condena revista por “propaganda antecipada negativa” contra Fruet

Fac-símile da capa da revista.

A coordenação jurídica da campanha de Gustavo Fruet (PDT), coordenada pelo jurista Luiz Fernando Pereira, vem colecionando importantes vitórias nesse front da batalha eleitoral. Um dia após suspender as propagandas do governo do estado sobre a implantação das Unidades Paraná Seguro (UPS), que estariam beneficiando a reeleição do prefeito Luciano Ducci (PSB), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por maioria de votos (5 a 1), condenou a Editora Par e o seu proprietário, José Newton Dalla Bona, ao pagamento de multa de R$ 5 mil (cada) por divulgação de propaganda antecipada negativa contra a então pré-candidatura do pedetista à  Prefeitura de Curitiba.

O material foi divulgado pela Revista Panorama na edição de abril de 2012 e tinha, segundo os advogados, a intenção denegrir a imagem de Fruet perante seu eleitorado.

Essa votação do TRE reverteu a sentença do juiz da 4!ª zona eleitoral que havia julgado improcedente o pedido do PDT.

Comentários encerrados.