Sábado tem Marcha das Vadias em Curitiba. Eu vou. E você?

Fac-símile da campanha no Facebook.

Neste sábado, dia 14, acontecerá a Marcha das Vadias em Curitiba. Os manifestantes se concentrarão a partir das 10 horas no Passeio Público, centro, e a passeata sairá por volta das 11 horas.

Esta é a segunda edição do evento na capital paranaense que tem o seguinte lema: “O comprimento da saia não serve de medida para respeito!“.

O movimento tem como objetivo a busca da reflexão sobre a culpabilização da mulher em casos de agressão sexual.

A Marcha das Vadias possui um manifesto, embora gere polêmica, tem um propósito político, um plano de ação, pois luta pelas seguintes bandeiras: contra a violência sexual; contra o falso moralismo; feminismo renovado; e cidadania.

Portanto, a solidariedade deste blogueiro com todas as vadias! curitibanas, paranaenses e brasileiras.

No Facebook, há um grupo formado para discutir essas questões das mulheres e mobilizar os curitibanos para o evento. Apareça!

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ana Terra, as coisa mudam sim, ainda bem né, mas teram que mudar para melhor, é claro que sou contra a cultura machista, sou contra homens que não respeitam as mulheres, vcs são incriveis, são lindas, são doce, meiga, São tão diferentes e melhores que os homens!

    O Que vejo é que parcece que vcs pegaram a pior parte dos homens, todos temos que ter liberdade agir, pensar e falar, mas o que chamamos de liberdade, ou a verdadeira liberdade???

    Será que tudo isto que esta acontecendo no mundo, e acontecendo para pior, o ser humano está se degladiando, estamo vendo a destruiçao das pessoas e da familia…
    Será que é isso que queremos para nós e nossos filhos, será que é esse o caminho certo que temos que escolher??? Podemos ver que o mundo esta mudando para melhor ao nosso redor??

    Nunca serão Vadias, porque são criaturas unicas e especiais, penso que um homem que não sabe tratar uma mulher não seria digno nem de viver, porque sairam de uma mulher.
    Valorizo muito o ser humano, sei que homens e mulheres estão vivendo em seus erros e seus pecados e a verdadeira liberdade e felicidade esta ficando cada vez mais longe.

    Por isso nunca me atreveria a chamar qualquer mulher no mundo de Vadia.
    porque as respeito muito, eu sei que cada um carrega no coraçao um sofrimento que nos faz desviar para um caminho de raiva, e ódio e de rancor, é uma pena porque o sofrimento teria que nos fazer melhor, pois ao sofrermos deveriamos não querer isso para ninguem.
    Como vc que carrega em seu coração uma dor, dor essa que vc teria que converter em bem para vc e para quem está ao redor de vc, bem este que voltaria a vc, e creio que apesar de tudo o que passou de sofrimento, ainda sinto e vejo e vc uma mulher forte, guerreira que esta lutando para as coisas serem melhor.
    Grande abraço no coraçao.

  2. “eu só quero é ser feliz
    andar tranqüilamente com a roupa que escolhi
    e poder me assegurar
    que de burca ou de shortinho
    todos vão me respeitar!”

  3. Alex ainda bem que as coisas mudam não é mesmo??
    E essa é a intenção, mudar, transformar a cultura machista imposta pela sociedade desde que mundo é mundo.
    Se você pensar na mudança do artigo de a para o
    já explica muito; vadio é homem que não faz nada, e
    por mais “idônea” que a mulher seja, se tiver a vontade, a oportunidade e a liberdade de agir de forma contrária ao padrão ‘moral e bons costumes’.
    a mulher é chamada de VADIA pela sociedade machista que lhe cerca!!!! Portanto todas somos vadias sim pq a perfeição não existe!
    Porque queremos ser livres para sermos o que quisermos sem medo de sermos ofendidas, agredidas por isso.
    Você é convidado para a marcha!

  4. Como minha ex namorada é muito burra e gosta de uma farra, acho que ela vai pq faz parte do time das vadias

  5. Como mudam as coisas, antigamente chamar uma mulher de vadia era feio, as mulheres não gostavam.
    Hoje elas fazem uma marcha e colocam o nome de Vadia.