Pedetistas pedem posição de Fruet sobre situação de Tito Zeglin

Clique para ampliar.

A guerra interna prossegue no PDT. O coordenador das zonais do partido, Nivaldo Orlandi, protocolou nesta sexta-feira (20) um ofício endereçado a Gustavo Fruet (clique aqui para ler a íntegra), presidente da agremiação e candidato a prefeito na capital, pedindo para que ele se posicione sobre as denúncias feitas contra o vereador Tito Zeglin.

O pedetista Zeglin foi citado em reportagem do jornal Gazeta do Povo, no último dia 11, a qual relata que a empresa do filho do parlamentar recebeu R$ 176 mil de verbas publicitárias da Câmara Municipal de Curitiba.

Orlandi lembra que, pelas mesmas denúncias, o ex-vereador João Cláudio Derosso, renunciou à  presidência da Casa, pediu para sair do PSDB senão seria expulso e, por último, teve o mandato cassado por infidelidade partidária.

Comentários encerrados.