Para relator petista, tucanos querem intimidar CPI

Via Agência Estado

Deputado Odair Cunha (PT/MG), relator da CPI do Cachoeira.

O deputado petista Odair Cunha (MG), relator da CPI do Cachoeira, rebateu a acusação feita pela cúpula do PSDB de que ele e seu partido estão direcionando as investigações contra o governador de Goiás, Marconi Perillo. Cunha disse que o PSDB está querendo intimidar a CPI.

“Nós temos uma clareza, precisamos investigar a organização do senhor Carlos Cachoeira e nenhum tipo de constrangimento ou de intimidação vai parar o nosso trabalho”, disse.

Mais uma vez, o relator não disse se vai sugerir, ao fim dos trabalhos da CPI, o indiciamento de Perillo por envolvimento com o contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Ele não quis opinar sobre a afirmação feita pelo colega Paulo Teixeira (SP), vice-presidente da CPI, de que já há elementos suficientes para indiciar Perillo. “Eu falo por mim. Cada um fala por si.” Os líderes do PT na Câmara, Jilmar Tatto (SP), e no Senado, Walter Pinheiro (BA), defenderam o impeachment de Perillo.

O relator da CPI saiu em defesa das apurações feitas pela PF, que apontaram a relação entre Perillo, a empreiteira e o contraventor. “A PF fez um trabalho totalmente isento, diferentemente de policiais civis e militares do estado de Goiás, inclusive da cúpula dos órgãos, que atuaram na defesa dos interesses de Cachoeira”, afirmou.

Por sua vez, o vice-presidente da CPI reafirmou que há elementos, sim, para indiciar Perillo. “As provas são muito robustas para indicar o seu indiciamento”, disse Teixeira.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Ué, não sabia que a CPI pode pedir o Impedimento do Governador.
    Não seria a Assembléia Legislativa do Goias, que teria esse papel?
    Que eu saiba sequer abriram CPI por lá!

  2. e agora tem mais um elemento, q é o assassinato do policial federal, q participou da operação q prendeu o cachoeira,vao dizer oq? q foi um assalto, latrocinio? nessa nem o brasileiro mais ingenuo acredita… com certeza, quem executou o policial federal, foi a turma do cachoeira, mas isso sem sombra de duvidas.