Justiça Eleitoral confirma candidatura de Ratinho Junior

Ratinho Jr fez campanha na região Sul neste final de semana.

O juiz Marcelo Wallbach Silva, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), não aceitou a única solicitação de impugnação feita contra a candidatura de Ratinho Junior a prefeito de Curitiba.

A Justiça considerou o pedido do cidadão Edmar Pegoraro ilegítimo e, por consequência, o extinguiu. A decisão aconteceu no último sábado (14).

E quanto ao suposto pedido de impugnação da candidatura do vice de Ratinho Junior, o arquiteto Ricardo Mesquita, ele não chegou sequer a ser protocolado no TRE.

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Devia ter impugnado mesmo. Um cara que apresenta uma proposta de meia página não merece participar de um processo eleitoral sério…

  2. Só vai fazer diferença no segundo turno né… e tem outra: as igrejas agora vão ficar cheias de fieis q o Ratinho tapeia no programa de rádio

  3. Tá difícil pro Ratinho mesmo, mas o problema não vem de fora (com tentativas de impugnação), o problema está na própria inexperiência do candidato.

  4. Qual a diferença , ele não chega mesmo na prefeitura , com ajuda do seu pai ou sem , não tem chance !

  5. Eu sinceramente nao vejo outro interesse do Ratinho em ser prefeito do que lucrar!!! Curitiba é uma cidade muito grande e com muitos problemas para ficar nas mãos de alguem com tao pouca experiencia

  6. isso deveria ter sido melhor investigado hein!!! ratinho é ligeiro

  7. Ah não ía fazer diferença. O Ratinho junior não vai vencer as eleições suas propostas não são concretas e ele perde muito tempo se promovendo ao invés de ir até o povo e saber as reais necessidades.