Direto da Itália: Renata Bueno quer moralizar a Câmara de Curitiba

Vereadora Renata Bueno (PPS), a musa que apavora os colegas da Câmara Municipal. (foto: Valquir Aureliano).

A vereadora curitibana Renata Bueno (PPS), que está na Itália, lançou nesta terça-feira (17) um movimento que visa moralizar a Câmara de Vereadores.

A parlamentar criou uma página no Facebook com o objetivo de informar, conscientizar e interagir com a população da capital.

Pela internet, Renata explica o movimento “Nova Câmara”:

Criamos pelo anseio de mudanças. Foram muitos os vereadores envolvidos nos escândalos da Câmara de Curitiba e os cidadãos têm voz para transformar essa realidade!, disse.

Até agora, nenhum outro vereador da Câmara de Curitiba aderiu ao movimento da filha de Rubens Bueno, vice na chapa do prefeito Luciano Ducci (PSB).

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. ATENTE-SE PARA A DISCREPÂNCIA: 1 – Nós, cidadãos comuns e assalariados vivemos “de olho” TODOS OS DIAS nos encartes e na TV, a fim de tentar adequar os nossos limitados salários aos compromissos do dia-a-dia, NUMA LUTA INSANA PELA SOBREVIVÊNCIA; 2 – A tal da “patricinha” BEM PATROCINADA PELO DINHEIRO PÚBLICO a viajar pelo Mundo e DESCARADAMENTE COMO AFRONTA ao povo, fazendo gozações da nossa NEFASTA EDILIDADE (eles se merecem!). A pergunta que não se cala: QUEM VAI ACABAR COM ESSA PALHAÇADA !?!. Pelo amor de Deus, Exma. Sra. Dra. Eliana Calmon NOS ACUDA: fique durante um ano no Paraná para aliviar A PODRIDÃO INSTALADA !!!.

  2. Deixa ela, não dêem atenção. Ela está em final de carreira.

  3. É pelo jeito tem que trocar todos desta casa, pois até mesmo a Vereadora não para em curitiba fica mais na Itália do que em curitiba, na câmara só aparece na hora do plénario e olha lá. Ficou lá 4 anos e o que fez, queremos e melhor estudo para nossas crianças e posto de saúde melhores.
    Acorda vc e filhinha de papai.

  4. Legal, porque ela não tenta carreira política lá pra acabar com as máfias do futebol italiano, já que é cidadã européia e vive lá? Esqueça Curitiba!!!