Com fé, Clark Crente torce por candidatura em Curitiba

do Terra, via Blog das Eleições

Clark Crente (Facebook).

Está nas mãos de Deus. Eu espero ter uma chance e, com a graça de Deus, vou conseguir!. à‰ com fé e esperança !“ a última que morre! !“ que Ewerson Alves da Silva, mais conhecido como Clark Crente, pretende conseguir uma oportunidade de disputar sua primeira eleição, e buscar uma vaga na Câmara dos Vereadores de Curitiba.

Apesar do destaque que seu material de campanha ganhou nas redes sociais, Clark ainda não é candidato, já que seu partido, o PDT, se coligou com o PT e o PV para disputas as eleições municipais na capital paranaense, o que reduziu o número de nomes indicados pela legenda para a disputa do legislativo municipal. Clark é o primeiro suplente da chapa e depende da impugnação de outra candidatura, mas não desiste de se eleger vereador aos 31 anos.

Ainda sou novo, pode ser que ainda não seja minha hora. Tem de ser feito no momento que for o mais certo!, afirmou Clark, que disse ainda que apoiará o candidato de seu partido, Gustavo Fruet, na briga pela Prefeitura de Curitiba, e que seguirá buscando seu espaço na política curitibana mesmo se a oportunidade não vier neste ano.

Transformação

Ewerson conta que virou Clark aos 17 anos, depois que começou a usar óculos e seus amigos reconheceram a semelhança entre o curitibano e o personagem dos filmes e das histórias em quadrinho Clark Kent, o Super-Homem, que, quando não está salvando o mundo com sua roupa azul e sua sunga vermelha, veste óculos e roupa social em seu trabalho como repórter do Planeta Diário. Já o “Crente” surgiu em uma brincadeira entre amigos, quando um colega o chamou assim após sua conversão, há dois anos, depois que Clark teve síndrome do pânico e diz ter se curado graças à  ajuda de Deus.

Na igreja, além da cura, o curitibano afirma também ter recebido a orientação e o apoio para que se candidatasse. Os amigos da igreja me diziam que eu deveria me candidatar, que eu poderia ajudar a mudar nossa cidade, nossa comunidade!, disse.

Mesmo sem ter sua candidatura registrada, Clark Crente já traça planos de trabalho caso consiga uma vaga na Câmara dos Vereadores. Vou trabalhar principalmente pelo esporte e a educação e também para servir e honrar o povo evangélico, que muitas vezes se decepciona com quem elege, e também trabalhar com projetos sociais na minha região!. Apesar de seu foco nos fiéis de sua religião, Clark acredita que sua candidatura não se restringe apenas aos evangélicos, já que um homem ter de ser votado pelo que era, pelo que é e o que oferecerá amanhã à  comunidade!.

Alvo de diversos tipos de comentários e, em alguns casos até piadas, Clark acredita que tanto elogios como críticas são consequências da notoriedade de qualquer homem que se torne público. Todo homem público acaba virando motivo ou de piada, ou de crítica. Mas pode ser coisa boa também. Sei que algumas vão me criticar, mas também sei que outras irão me seguir!, afirmou.

Comentários encerrados.