Cláudio Fajardo, vice do PPL, desabafa: “Sou um revolucionário! Não sou um bosta”

Cláudio Fajardo sai em defesa da bandeira do PPL. Foto: reprodução Facebook.

Recebi o e-mail que reproduzo abaixo do candidato a vice-prefeito de Curitiba, Cláudio Fajardo, do PPL, no qual ele rebate três comentários de leitores.

“Sou um revolucionário! Não sou um bosta como esses que fizeram esses infelizes comentários”, desabafa o vice da chapa de Alzimara Bacellar.

Leia a íntegra da missiva do PPL:

“Caro Esmael,

Seu blog tem contribuído muito para a informação sobre a nossa política. Sei que você já foi perseguido por publicar críticas ao atual governador. Na ocasião, manifestei publicamente minha solidariedade. Agora, nesta eleição municipal, você tem publicado notícias sobre todas as candidaturas. Trata-as de modo democrático.

Mas, o que me faz escrever não é o que você noticiou sobre a candidatura da Alzimara a prefeita e a minha como vice pelo PPL. Sua notícia foi profissional. Todavia, há três comentários que não são nem elogiosos e nem tampouco representam a verdade. São ofensivos apenas.

Reproduzo-os abaixo e a seguir minha resposta. Peço a gentileza de publicá-los para restabelecer a verdade. Obrigado.

1. Comentários: The Observer – julho 7, 2012 à s 12:00
Novo aparelho turbo! instalado na bengala do vice Fajardo! Vão ele e
a prefeita montados em cima da bengala voadora, no melhor estilo Harry Potter jogando Quadribol!!!

2. José Andrade – julho 7, 2012 à s 15:08
Essa arrancada vai ser pior que a do Rubinho!¦
à‰ partido demais!¦

3. 2 PILANTRAS QUE ERAM PMDB – julho 7, 2012 à s 19:54
Esses 2 pilantras mamaram na teta do PMDB em cargos no Governo Requião e agora estão montando este partido de aluguel para no 2 turno conseguirem um carguinho e continuarem não fazendo nada.
Tem que levar um pé na bunda esses panacas”

Em primeiro lugar deve-se notar que se escondem atrás de pseudônimos.

Agora quanto a nossa militância no PMDB: é verdade que militamos no
PMDB. Militamos durante décadas. Não somente quando estava no poder, militamos muito tempo quando o PMDB estava na oposição e os cargos que se apresentavam na época eram os de excluídos e, à s vezes até presos, como ocorreu comigo. Posteriormente, quando o PMDB ganhou as eleições houve períodos em que ocupei cargos sim, e outros não. Eu fui professor universitário durante um quarto de século.

Portanto, nunca desfrutei das prebendas do poder, sempre quando ocupei cargos fui decente e admirado por todos que me conhecem e não são maldosos. Eu e a Alzimara saímos do PMDB para fundar o PPL, Partido Pátria Livre, que é sucedâneo do MR-8. Estamos aptos a concorrer a eleições desde outubro do ano passada, quando obtivemos registro definitivo. Não somos um partido de aluguel. Temos uma trajetória de lutas que esses anônimos! sequer imaginam. Não somos covardes como eles. Quando fomos clandestinos, foi para proteger nossas vidas e nossas lutas. Eles se escondem atrás de pseudônimos por covardia. São covardes escondidos.

Por último, digo a quem quiser saber que não pleiteio cargo algum. Sou aposentado por invalidez e não posso ter outra fonte de renda senão perco a minha pensão do INSS. Sou candidato a vice e me sinto honrado em compor a chapa com Alzimara, essa lutadora. Aceitei a incumbência apesar da precariedade da minha saúde. Sou um revolucionário! Não sou um bosta como esses que fizeram esses infelizes comentários.”

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Parece que em Ctba. só não se gosta é de sair às ruas, impedir privatizações de bens públicos, ocupara a Câmara Municipal, por exemplo – para falar de um temas atualíssimos/pontuais;
    Bom caminho ao PPL e aos seus integrantes.

  2. Viva o PPL. A unica novidade nessa eleicao…

  3. Boa Claudio esses “bostas com certeza não conhecem vocês dois” se conhecessem, não falariam asneiras, e concordo com a Cris esses comentários não combinam com blog nenhum.

  4. A quem possa interessar, a foto que está estampada nessa matéria foi tirada na Boca Maldita durante a campanha de 2010, denunciando a retirada do ar do Blog do Esmael pela coligação do atual governador Beto Richa e de desagravo aos professores que foram chamados de “vagabundos” pelo mesmo candidato. Sei por que estava lá e fui quem tomou a iniciativa do ato.

  5. Querido e admirável professor – Fajardo nos deu uma aula de como dar “nos dedos” de quem não assume nem seu próprio nome.
    Agora caro Esmael, fica aqui uma sugestão,mantenha o nível do blog e corte esses “comentários” panacas, de baixo nível…. não combina com seu blog.

    Saudações, Cris

  6. Resposta digna a de Cláudio Fajardo, um revolucionário, sim. Seu currículo político, desde os tempos da luta contra a ditadura, está anos-luz acima da mediocridade cretina e covarde dos que o atacam, ainda mais sob a proteção de codinomes e com um linguajar de esgoto.

  7. O Professor Fajardo, é homem integro e detentor de um invejável curriculum de lutas em prol da democracia e do interesse público.
    Hoje virou rotina taxar todos que participam da política de corruptos, malandros e outros adjetivos. Essas mesmas pessoas, por não terem a coragem para criticar, usam de subterfúgios da tecnologia para ficarem no anonimato.
    É preciso ter coragem para lutar por aquilo que se acredita e mais ainda para dar a cara a tapas no mundo das idéias.
    Por isso, parabéns ao professor Fajardo e à Alzimara por participarem da fundação do PPL e principalmente pela audácia de participarem do processo eletivo de Curitiba.
    Ademais, aqueles que acham que são melhores dos candidatos que ai estão…que disputem as eleições, afinal atirar pedras e fácil, o duro é ser a vidraça.

  8. O Fajardo fez uma revolução na biblioteca pública durante o (des)governo do Reiquião… kkk

  9. Parabéns ao Fajado pela nota. O PPL é de luta e merece respeito. Quem se esconde atrás de um pseudônimo não!

  10. meus cumprimentos também à Alzimara, que conheço meio de longe há uns 30 anos.

  11. meus respeitos ao Fajardo, nosso derradeiro stalinista.

  12. GOSTEI DO QUE LI… ESTES COVARDES SÃO DO PMDB E SEI QUE SÃO OS DE PIRES NA MÃO OU FUNCIONÁRIOS COMISSIONADOS DA SECRETARIA DO TRABALHO… BOA SORTE AOS REVOLUCINÁRIOS… PRECISAMOS DE EMBATE… NÃO DE UM PARTIDINHO DE ALUGUEL COMO É O PMDB DO SARNEY…

  13. Comentários injustos e descabidos contra Alzaimara e Fajardo. Acompanho, de longe, a trajetória política destes dois. Sou militante de outro partido político e também não concordo com alguns pontos colocados por Fajardo. Mas posso afirmar veementemente que o Fajardo tem uma trajetória de lutas que não pode ser desvalorizada por algumas pessoas que se sentiram ameaçadas com a candidatura do PPL. Desvalorizar esta história é desvalorizar uma história de vida dedicada ao combate das diferenças sociais e da valorização dos menos favorecidos. Fajardo, infelizmente estou em outro momento da minha carreira política onde nossos caminhos estão opostos, mas você e a Alzimara têm toda a minha solidariedade neste momento. Um grande abraço.

  14. Grande Resposta Prof. Cláudio, quem o conhece sabe que o sr. é uma pessoa do bem. Quem se esconde atras de pseudônimos é porque não tem coragem de colocar a cara a tapa.
    Avante e até a vitória do povo!!

  15. Grandes bengaladas, Fajardo. Parabéns pela reação e à colocação desses idiotas encobertos covardemente sob pseudônimos nos seus devidos lugares, muito embora eles não valham uma linha sequer das pessoas probas. Sucesso.