Cassação do prefeito Barbosa Neto é “golpe da imprensa”, diz PDT

* Vice-prefeito José Joaquim Ribeiro (PSC) entra no aquecimento
* Pedetistas veem “golpismo da grande imprensa do Paraná”
* Perda de mandato beneficia diretamente grupo do governador

Vice-prefeito José Joaquim Martins Ribeiro (PSC).

O espetáculo da cassação já começou em Londrina. Notificado ontem pela Câmara Municipal, o prefeito Barbosa Neto (PDT) vai a julgamento na próxima segunda-feira, dia 30, a partir das 9 horas.

A votação do relatório da Comissão Processante (CP) da Cetronic, que responsabiliza o prefeito pela contratação de dois vigias para uma rádio da sua família com recursos do município, deverá desembocar na perda do mandato.

O espetáculo do julgamento na Câmara poderá ser acompanhado por 190 pessoas, que receberão senhas para plateias a “favor” e “contra” a cassação do pedetista.

A direção estadual do PDT fez um apelo dramático nesta quinta-feira (26) para que a Câmara “não endosse um golpismo da grande imprensa que pressiona com manchetes e mentiras contra Barbosa Neto”.

Pelo sim pelo não, o resultado do julgamento de Barbosa terá importante impacto nas eleições. Se for inocentado, na condição de candidato à  reeleição, ganhará “gás” para tentar chegar ao segundo turno — o que pode dificultar a vida do vereador Marcelo Belinati (PP).

Agora, se o prefeito for cassado pela Câmara, a área fica livre para o candidato do governador Beto Richa (PSDB) — o próprio Belinati — e a situação se complica para a petista Márcia Lopes (PT), por exemplo.

Tem mais um fato importante nesse imbróglio: se Barbosa Neto voltar para casa antes do tempo, quem assume a prefeitura é o vice José Joaquim Ribeiro (PSC). Ele não concorre à  reeleição, mas seu partido está na coligação de Belinati.

O vice que poderá virar prefeito é ligado até a medula a Ratinho Jr, candidato a prefeito de Curitiba e líder maior do PSC no Paraná.

10 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. SER CASSADO E POUCO PARA O BARBOSA, CADEIA SERIA O IDEAL

  2. Não tem nada de “Golpe de Imprensa”.
    Contra fatos NÃO há argumentos…………..é Rua Barbosa Neto…..RUA pra você! Está Demitido da vida pública…

  3. ESTE TAL JOSÉ RIBEIRO, CASO VENHA A ASSUMIR A PREFEITURA DE LONDRINA TEM CONDIÇÕES DE GOVERNAR UMA CIDADE COM MAIS DE 600 MIL PESSOAS, SENDO QUE ELE NÃO CONSEGUE GOVERNADOR NEM O P.S.C. DE LONDRINA.
    QUANDO ESTAVA DO P.S.D.C. NÃO MERECIA NÊM SER CANDIDATO A VEREADOR.
    CUIDADO POVO LONDRINENSE, ELE QUANDO PASSA NAS RUAS NÃO OLHA DE DE LADO.

  4. menus toninho…menus eudora…

  5. O Prefeito Barbosa Neto fêz em torno de 3 anos, o que anteriores não fizeram em o dobro ou o triplo de tempo: Guarda Municipal, acessibilidade, reforma/ampliação e novos Postos de Saúde, Reposição de perdas salariais (+ mais de 8 anos), as UPA’s, Restaurante Popular, ganhou vários prêmios renomados por sua dedicação a Cidade, e uma infinidade de benfeitorias à população em geral que, só não vê quem não quer! Não há necessidade de cassação agora no final de gestão a uma pessoa que muito mais acertou do que errou. Quem nunca errou, que atire a primeira pedra!!! Fica alguém em pé!!! Além de tudo os adversários sabem do seu poder político e treme nas bases.

    • Eu concordo plenamente com a sua explanação e cito como exemplo a gestão anterior que foi deplorável e durou oito anos,deixou a cidade uma verdadeira calamidade e ninguem se importou e muito menos se falou em “cassação”!
      Acho mesmo que Londrina está fadada a ter prefeitos que não fazem nada,desde que satisfaçam uma “minoria”,com o Wilson Moreira o caso foi assim:Pegou a cidade totalmente estragada e falida,trabalhou muito e dexou-a bonita,porém não consegui se reeleger,essa é a gratidão para quem ama e trabalha por essa sofrida Londrina. Essa é a mentalidade do BRASIL !!!

  6. O PREFEITO BARBOSA NETO É PEDETISTA EXEMPLO PARA TODO O PAÍS, FIEL SEGUIDOR DAS IDÉIAS DE LEONEL BRIZOLA. A TUCANADA DEVE ESTAR TEMENDO O SEU CRESCIMENTO NA POLITICA DO PARANÁ CASO SE REELEJA PREFEITO, AGORA EM OUTUBRO, DAÍ O GOLPISMO ARMADO PARA INTERROMPER SEU MANDATO.

  7. CIRCULA NO INFORMATIVO DA REDE PDT, NESTA QUINTA-FEIRA:

    Manchete: “Câmara não pode endossar golpismo da grande imprensa que pressiona com manchetes e mentiras contra Barbosa Neto”

    Sub-Título: “PREFEITO QUE ACABOU COM DUZENTOS CARGOS COMISSIONADOS É ACUSADO DE USAR DOIS GUARDAS PARA FINS PARTICULARES; ELE IMPLANTOU A EDUCAÇÃO INTEGRAL E DIGNIFICOU O FUNCIONALISMO COM PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS; PÔS FIM À ROUBALHEIRA QUE OCORRIA EM SERVIÇOS TERCEIRIZADOS; FEZ MAIS EM 3,5 ANOS DO QUE OUTROS EM 10 OU 20 ANOS… É CONTRA ISTO QUE SE LEVANTAM OS PODEROSOS!!!”

    Nota 1: Osvaldo Maneschy/Site PDT-Rede – A campanha eleitoral em Londrina está acelerada. No tapetão. Se os inimigos políticos do prefeito de Londrina, Barbosa Neto (PDT), que é candidato à reeleição e vem sendo muito bem avaliado pela população local, conseguirem reunir 13 de 19 votos dos vereadores da Câmara Municipal na semana que vem ele terá o seu mandato cassado e os seus direitos políticos suspensos por oito anos. O presidente da Câmara de Londrina, Gerson Araújo (PSDB), fiel aliado do governador tucano Beto Richa, marcou para a próxima segunda-feira (30/7), às 9hs, a sessão especial que poderá resultar na cassação de Barbosa Neto. Os três integrantes da Comissão Processante preferiram não revelar as suas conclusões à imprensa, no primeiro momento. Alguns se perguntaram: por que? Inconsistência nas acusações?…
    Complemento em http://www.pdt.org.br/index.php/noticias/adversarios-querem-dar-golpe-e-cassar-barbosa-neto-em-londrina

    Nota 2: Editoria Rede PDT – Antes da ‘reportagem’ a seguir, que inspirou um ajuste no título, cabe registrar algumas considerações: 1. A conclusão da Comissão Processante (CP) é política e tem por objetivo afastar Barbosa Neto da Prefeitura e da disputa eleitoral, porque as chances são grandes de conquistar novo mandato; 2. É questão requentada que foi objeto de análise por uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), em 2011, quando a Câmara arquivou o assunto optando por não abrir Comissão Processante contra o prefeito; 3. Efetivamente não há consistência na denúncia, pois a Prefeitura e a emissora de propriedade do prefeito mantinham contratos distintos com a Centronic e esta podia trocar seus vigilantes de postos, inclusive a Justiça do Trabalho decidiu pela improcedência de vínculos políticos ou pessoais no caso; 4. O contrato entre a Prefeitura e a Centronic foi firmado em 2006 pelo prefeito Nedson Micheleti, do PT, e rompido pelo prefeito Barbosa Neto após este assumir em maio de 2009, quando decidiu trocar a gastança privada pela criação de uma Guarda Municipal com a contratação de duzentos vigias mediante concurso público. Esta é a verdade.

  8. Não duvido nada, já que o PIG curitiboca fala mais de Londrina que das maracutaias tucanas daqui…

    • Jose Andrade… O PIG Gazeta e RPC TV Curitiboca não fala nada de Maringa onde a coisa é cabeluda até no rego, e tem barro ate o pescoço.
      Estão perdendo o prestígio todo aquele trabalho de cobertura dos “diários secretos” e Paranaguá.