Câmara de Londrina dá início à  cassação do prefeito Barbosa Neto

por Lucio Flávio Cruz, via O Diário

Barbosa Neto.

O prefeito de Londrina Barbosa Neto (PDT) foi notificado na tarde desta quarta-feira (25) da sessão de julgamento do relatório final da Comissão Processante (CP) da Centronic na segunda-feira (30). A aprovação do texto por pelo menos 13 vereadores leva a cassação do prefeito.

Dois assessores da Câmara Municipal foram chamados pelo gabinete do prefeito para levarem a notificação para ser assinada. Barbosa Neto recebeu os servidores da Câmara, assinou o documento, mas não conversou com a imprensa, segundo à  Rádio Paiquerê AM.

Funcionários da Câmara tentavam desde segunda-feira (23) comunicar oficialmente o prefeito sobre a sessão de julgamento. A presidência da Casa chegou a sugerir a possibilidade de publicar a notificação na imprensa, caso o prefeito não fosse encontrado pessoalmente.

A sessão de julgamento está marcada para à s 9h. O relatório da CP da Centronic apontou omissão e negligência do prefeito na contratação de dois vigias que teriam trabalhado na Rádio Brasil Sul, de propriedade de sua família, e pagos com recursos públicos.

6 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. será? achu qui nao né

  2. Em face desse absurdo que se anuncia em Londrina, cabe registrar algumas considerações:

    1. A conclusão da Comissão Processante (CP) é política e tem por objetivo afastar Barbosa Neto da Prefeitura e da disputa eleitoral, porque as chances são grandes de conquistar novo mandato;

    2. É questão requentada que foi objeto de análise por uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), em 2011, quando a Câmara arquivou o assunto optando por não abrir Comissão Processante contra o prefeito;

    3. Efetivamente não há consistência na denúncia, pois a Prefeitura e a emissora de propriedade do prefeito mantinham contratos distintos com a Centronic e esta podia trocar seus vigilantes de postos, inclusive a Justiça do Trabalho decidiu pela improcedência de vínculos políticos ou pessoais no caso;

    4. O contrato entre a Prefeitura e a Centronic foi firmado em 2006 pelo prefeito Nedson Micheleti, do PT, e rompido pelo prefeito Barbosa Neto após este assumir em maio de 2009, quando decidiu trocar a gastança privada pela criação de uma Guarda Municipal com a contratação de duzentos vigias mediante concurso público. Esta é a verdade.

  3. tem cabimento querer cassar um prefeito as vesperas de eleicoes? ”E TUDO MUITO ESQUISITO MESMO. socorro!

  4. O BETO TAMBEM FOI DENUNCIADO PELO FANTASTICO NÃO DEU NADA..MAS A GLOBO LOCAL E SUA AFECTO!

  5. Ducci foi denunciado pela revista Veja num episódio parecido com o caso de Barbosa Neto, o episódio do capataz que trabalhava em uma das fazendas de Luciano em Mato Grosso e ao mesmo tempo rea funcionário da prefeitura de Curitiba.

  6. E BARBOSA NETTO OS CORVOS QUEREM VER SEUS OSSOS EXPOSTOS.LONDRINA E A CIDADE DOS BARÕES DO CAFÉ E GADO,ENTÃO FICA NA PREFEITURA QUEM ELES QUER.NÃO ADIANTA ESPERNEAR A ELITE DAI É EXIGENTE CONTRA OS DESAFECTOS..