21 de julho de 2012
por esmael
8 Comentários

Em ranking de 6 prefeitos, Ducci é o quarto pior avaliado

Clique para ampliar.

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), candidato à  reeleição, numa escala de 0 a10, é o quarto com pior avaliação em ranking de seis prefeitos de capitais. O levantamento é do Datafolha, divulgado neste sábado (21). Ducci obteve nota de 5,6, ficando atrás do colega Porto Alegre, José Fortunati (PDT), que aparece em terceiro lugar, com 6,1. Leia mais

21 de julho de 2012
por esmael
9 Comentários

Rafael Greca promete desligar os radares eletrônicos de Curitiba

* Peemedebista quer acabar com a indústria das multas
O candidato a prefeito do PMDB, Rafael Greca, propôs ontem (20), em entrevista ao Conversa Especial Eleições 2012 da à“TV, do grupo RPCTV, alternativas para melhorar o sistema de transporte de Curitiba. Greca elencou cinco propostas de mobilidade previstas em seu Plano de Governo.

São elas: escalonamento de horários, sincronização de semáforos, licitação de 200 quilômetros de trincheiras, implantação de 600 quilômetros de ciclovias e a desmontagem do que chamou de indústria da multa.

Vou desligar isso. Essa foi uma das razões pelas quais eu briguei com o [ex-prefeito] Cássio Taniguchi, que criou os “cássio-níqueis”!, disparou Rafael Greca.

O trânsito tem que ser visto como uma questão educativa. A cidade não pode ser uma arapuca!, completou o candidato aos jornalistas Fernando Parracho, Malu Mazza e Herivelto Oliveira.

Barões do Táxi

Greca também disparou sobre a administração do sistema de trânsito da cidade e ao que chamou de barões do taxi!, ao se referir ao projeto de lei aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito que permite a trans

21 de julho de 2012
por esmael
9 Comentários

Gustavo Fruet pedala em Curitiba

Na ensolarada tarde deste sábado (dia 21), o candidato a prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT) pedalou com grupos que defendem a maior utilização da bicicleta como meio de transporte em Curitiba. Partindo do prédio central da Universidade Federal do Paraná, na Praça Santos Andrade, Gustavo e os demais ciclistas percorreram um trecho de cerca de dois quilômetros pelo centro da cidade, passando pelas ruas Amintas de Barros, Gal. Carneiro, XV de Novembro, João Negrão, Sete de Setembro e Barão do Rio Branco, até fechar o passeio em frente ao Paço Municipal.

No local histórico da cidade, o candidato da Coligação Curitiba Quer Mais! assinou a carta-compromisso com 10 Pontos para uma Cidade Ciclável, preparada pela Associação CicloIguaçu, com itens para melhorar e efetivar o uso de bicicletas como meio de transporte do curitibano, incluindo questões de trânsito e incentivos.

Esta pedalada é uma demonstração do compromisso de mostrar que é possível incentivar os modais, incentivar o uso da bicicleta. E mostrar que esse é um processo de conscientização que exige uma posição e uma postura desde já para uma melhor solução a médio e longo prazo!, disse Fruet.

O candidato do PDT comentou que é necessário que as pessoas entendam que, para viver numa cidade que cresce, que tem tantos desafios, é preciso pensar na qualidade de vida, em definir qual a sua prioridade: o transporte motorizado individual ou o transporte público e alternativas como a questão da bicicleta.

Mais até que imaginar que nós teremos muitos usuários de bicicleta, precisamos demonstrar que esse processo de conscientização pode

21 de julho de 2012
por esmael
5 Comentários

Veja essa: Francischini ataca de analista político

O deputado federal Fernando Francischini deixou o PSDB muito magoado. Ele sonhava com a vice na chapa do prefeito Luciano Ducci (PSB). Foi preterido na disputa pelo colega Rubens Bueno (PPS).

Delegado licenciado da PF, Francischini pulou na canoa do PEN. à‰ o único do recém-criado partido no Congresso Nacional.

Devido à  troca de partido e à s suspeitas de que tentou armar contra o governador petista Agnelo Queiroz (DF), o parlamentar do PEN perdeu os holofotes da CPI do Cachoeira. Agora, tenta se reencontrar como analista político no Paraná.

A seguir, leia a primeira investida de Francischini na área:

Minha análise das eleições em curitiba

por Fernando Francischini

Acho que a análise da primeira pesquisa IBOPE e as comparações com pesquisas posteriores, a maioria para consumo interno, cotejadas com o resultado divulgado hoje pelo DATAFOLHA que coloca RATINHO JR com 27%, GUSTAVO FRUET com 23%, LUCIANO DUCCI com 23% e RAFAEL GRECA com 10% refletem exatamente a fotografia do inicio da campanha para a Prefeitura de Curitiba.

GRECA sobe, entre 3% a 4 %, para 10% de votos de Curitiba: primeiro porque parte destes votos são aqueles cristalizados pelo Senador Roberto Requião após as ultimas eleições para o Senado. Segundo, votos somados ao seu “recall” de imagem de quando foi um bom prefeito de Curitiba. O ponto fraco de Greca seria sua alta rejeição – acima dos 30% – provavelmente em virtude dos insucessos eleitorais e à  troca de grupo político operada nos últimos anos.

DUCCI sobe, entre 5% a 6%, para 23% dos votos de Curitiba: primeiramente pela entrada do bem avaliado e recordista de votos, Governador Beto Richa, na campanha; em segundo lugar por sua administração tecnicamente consistente, por estar “tocando” grandes obras e asfaltando literalmente a cidade inteira. O ponto fraco de DUCCI, segundo analistas políticos experientes, seriam as dificuldades normais de quem está no poder, principalmente nas sensíveis áreas da saúde e segurança pública – que são apontadas como a

21 de julho de 2012
por esmael
6 Comentários

Estratégias de Ducci e Fruet ajudaram liderança de Ratinho Jr em pesquisa Datafolha

Ducci, Ratinho, Fruet e Greca começam movimentar peças no tabuleiro eleitoral.

As estratégias políticas do prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato à  reeleição, e do desafiante Gustavo Fruet (PDT), parece que ajudaram bastante Ratinho Jr (PSC) a assumir a liderança na corrida pela prefeitura de Curitiba. A seguir, faço dez observações acerca do Datafolha* divulgado neste sábado (21): Leia mais

21 de julho de 2012
por esmael
19 Comentários

Richa ‘carrega’ Ducci em Curitiba

Beto Richa (PSDB) carrega Luciano Ducci (PSB) pelos bairros. Foto: divulgação.

O governador Beto Richa (PSDB) decidiu ‘carregar’ seu pupilo, o prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato à  reeleição, pelos bairros de Curitiba. A região preferida para a incursão do tucano, por enquanto, é a região Sul, a mais populosa e onde está concentrado o maior número de eleitores na capital. Leia mais

21 de julho de 2012
por esmael
1 Comentário

Artigo de Marcos Coimbra: “Eleições locais, efeitos nacionais”

por Marcos Coimbra*, via portal Vermelho

Enquanto o sistema político só tem olhos para os recentes atritos entre o PT e o PSB, as eleições municipais avançam, tensionando toda a estrutura partidária. De quatro em quatro anos, a cada vez que chega a hora de renovar a política local, isso acontece.

Por diversas razões. A mais importante é que a escolha de prefeitos e vereadores tem consequências diretas nas eleições para o Legislativo. Fortalecer-se nas cidades antecipa dias de glória para os partidos. Já se foi o tempo em que bancadas estritamente localistas! dominavam o Congresso. Era a época em que quase todos os deputados e mesmo alguns senadores tinham uma base eleitoral bem demarcada em termos geográficos. Sua votação concentrava-se em alguns municípios, frequentemente contíguos. Sem eles, não se elegiam.

Esses parlamentares estabeleciam uma relação de simbiose com as lideranças políticas de suas! cidades. Na hora da eleição legislativa, prefeito e vereadores endossavam a candidatura do deputado e faziam a sua campanha, em troca do compromisso de representar a cidade no plano estadual e nacional, e buscar recursos para ela.

Dois anos depois, quando chegava a eleição municipal, o parlamentar indicava seus candidatos, apresentando-os como responsáveis por tudo de bom que houvesse acontecido na cidade e ameaçando os eleitores com prejuízos se não vencessem. Era toma lá dá cá!: os prefeitos (e vereadores) ajudavam na eleição dos deputados e esses contribuíam para a deles.

Hoje, o tamanho das bancadas eleitas por esse mecanismo diminuiu. Mas elas continuam a existir. A ponto de alguns estudos sugerirem que a adoção do voto distrital não alteraria drasticamente o perfil da Câmara, tão expressiva é a parcela de deputados que provém de distritos informais. Boa parte do chamado

21 de julho de 2012
por esmael
6 Comentários

“Não estou surpreso”, diz Ratinho Jr, líder na pesquisa Datafolha

Ratinho Jr (PSC) agradece a confiança da população (Foto de Pablito).

Na frente com 27% das intenções de votos, na pesquisa Datafolha em Curitiba, Ratinho Junior (PSC) garante que não está surpreso por causa de pesquisas internas e pela calorosa recepção das pessoas por onde passa e agradece a confiança da população em seu trabalho. Leia mais

21 de julho de 2012
por esmael
3 Comentários

Em Maringá, PV confirma na Justiça apoio ao petista Enio Verri

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) concedeu ontem (20) efeito suspensivo ao agravo de instrumento interposto pelo Diretório Estadual do PV (Partido Verde) contra a decisão da juíza Roberta Carmem Scramim de Freitas, da 2a Vara Civel de Maringá, que suspendeu, no dia 3 de julho, a dissolução da Comissão Provisória Municipal do PV pela Executiva Estadual.

Com a decisão do desembargador Marco Antonio Massaneiro, o PV fica impedido de ter candidatura própria à  prefeitura de Maringá e volta a fazer parte da coligação Maringá de Toda a Nossa Gente!, encabeçada pelo candidato Enio Verri (PT). A coligação é formada pelos partidos PT, PR, PPL, PSC, PCdoB, PDT, PRTB e PV.

Segundo a decisão de Massaneiro, não houve por parte da Comissão Executiva Estadual do PV qualquer violação legal ou estatutária na decisão de destituição da Comissão Provisória maringaense.

Leia trecho da decisão: Embora se atribua a condição de Diretório Municipal, [o partido] encontra-se atualmente registrado perante o TRE-PR na condição de comissão executiva provisória, não se verificando eventual abusidade da dissolução da comissão executiva Provisória Municipal de Maringá pela Comissão Estadual, posto o órgão estadual tem capacidade para tal procedimento!.

Para finalizar, o juiz afirma que não há nos autos prova inequívoca da alegada ilegalidade ou abusividade da dissolução da comissão executiva municipal, que foi tomada pela instância partidária adequada!.

21 de julho de 2012
por esmael
Comentários desativados em Serra e Russomanno empatados na disputa pela Prefeitura de SP

Serra e Russomanno empatados na disputa pela Prefeitura de SP

da Folha.com

Pesquisa Datafolha realizada nos dias 19 e 20 de julho mostra o candidato do PRB, Celso Russomanno, quatro pontos abaixo do líder José Serra (PSDB) na disputa pela Prefeitura de São Paulo.

No levantamento feito junto a 1.075 eleitores, Serra aparece com 30% das intenções de voto para prefeito. Russomanno tem 26%.

Como a margem de erro é de três pontos, Serra e Russomanno estão tecnicamente empatados na liderança. Embora improvável, há até a possibilidade de Russomanno estar na frente do candidato tucano.

Bem atrás deles aparecem tecnicamente empatados Fernando Haddad (PT) e Soninha Francine (PDT), ambos com 7%; Gabriel Chalita (PMDB), com 6%; e Paulinho da Força (PDT), com 5%.

Esta é a primeira pesquisa Datafolha após a oficialização das candidaturas e o início das campanhas de rua. à‰ a primeira também sem o nome de Netinho de Paula (PC do B) nos cartões de resposta estimulada.

Netinho saiu da corrida porque seu partido decidiu apoiar Haddad. No fim do ano passado, ele chegou a ter 13% das intenções de voto. Na pesquisa anterior, em 25 e 26 de junho, tinha 6%.

EVOLUà‡àƒO

Os levantamentos anteriores (todos com Netinho) já mostravam uma evolução constante das intenções de voto em Russomanno.

Em dezembro de 2011, ele tinha 16%. Na primeira pesquisa de 2012, oscilou para 17%. Atingiu 19% em março e 21% em 14 junho. No fim de junho, subiu para 24%.

Durante todo esse período, seu crescimento foi atribuído à  forte exposição que teve na TV Reco

21 de julho de 2012
por esmael
1 Comentário

Ducci diz que disparou na pesquisa Datafolha

Luciano Ducci comemora resultado do Datafolha. Foto: Bruno Covello.

O prefeito Luciano Ducci (PSB), candidato à  reeleição, é o candidato que mais cresceu nas pesquisas entre os que disputam a prefeitura de Curitiba. O pupilo do governador Beto Richa (PSDB) subiu 7 pontos em relação à  pesquisa do Ibope de 29 de março passado. Leia mais